tomate

Risotto de Tomate e Requeijão com Crocante de Broa, Bacon e Sálvia

Cada vez mais gosto de pratos onde a estrela principal não seja a carne ou o peixe. Não que me consigam convencer a converter ao vegetarianismo para todo o sempre (até porque não conseguiria deixar de comer peixe), mas gosto de pratos mais focados em outros ingredientes!

Os risottos são perfeitos para realçar um ingredientes especial: uma especiaria, um queijo, um legume ou uma erva. São pratos robustos, que complementam com a adição de queijo, todas as proteínas que precisamos para o dia a dia. E eu adooooooro a sua cremosidade…o casamento perfeito entre simplicidade e indulgência.
Este prato tem um pouco disso tudo: um molho cremoso e enriquecido com requeijão, a textura da broa crocante e o sabor forte do tomate e da sálvia. Perfection!

SERVE: 4
TEMPO: 30 MIN

INGREDIENTES:

Risotto:
1/2 Cebola Picada
1 chávena de Alho Francês picado
Sal e Pimenta q.b.
1/2 chávena de chá de Bacon picado
1 c.s. de Sálvia picada
2 c.s. de Azeite
1 chávena de tomate cherry (pode trocar por cubos de tomate)
150g de Requeijão de Mistura Teté
200g de Arroz Arborio
1L de Caldo (1L de água e um cubo de caldo de carne)
1 c.s. de Paprika fumada

 

Crocante de Broa e Bacon:
1 dente de alho picado
1 c.s. de Azeite
1 Chávena de miolo de broa picado
1/2 chávena de chá de Bacon em tirinhas
1 c.s. de Sálvia em folhas

risotto4 risotto1

Comece por preparar o caldo para o risotto. Leve a água ao lume com o cubo e deixe levantar fervura. Reserve quente.
Passando ao risotto: num tacho coloque a cebola, o bacon, o alho francês e a sálvia picados e deixe refogar com o azeite. Quando a cebola começar a ganhar cor, junte o tomate, a paprika e o arroz. Deixe o arroz fritar durante 1 minuto e junte uma concha de caldo. Sempre que o arroz começar a secar vá juntando uma concha de caldo, mexendo entre adições. Repita este processo durante cerca de 13 minutos (o arroz deve ficar ligeiramente al dente, e com um caldo grosso). Junte o requeijão, mexa e tempere com o sal e a pimenta. Reserve.

Para o crocante: coloque uma frigideira ao lume, junte o azeite, as folhas de sálvia e o bacon em tiras e deixe que este fique dourado. Nesta fase adicione o alho picado e a broa.
Tempere com sal e pimenta e deixe que a broa frite e fique crocante e dourada.

Numa travessa disponha o risotto,e sobre este o crocante de broa. Sirva de imediato.

Salada Tandoori de Camarão

Ultimamente tenho experimentado novas combinações nas saladas. Juntar diferentes frutas, especiarias ou molhos é o ideal para transformar o banal em algo extraordinário.
Eu adoro saladas…aliás eu sou daquelas pessoas que come sempre a comida com salada (nada a ver com dietas: pura e simplesmente gosto!).

Desta vez combinei o calor das especiarias indianas com a frescura das folhas verdes…e o melhor é que ao contrário do normal, esta salada é temperada com um molho quente, ficando ainda mais pungente e deliciosa!

Praia, sol, comida deliciosa e colorida…que mais se pode desejar para o verão!

2

SERVE: 4
TEMPO: 40MIN

INGREDIENTES:

Camarão:
300g de Camarão
1 dente de Alho
1 c.chá de Açafrão
1 c.chá Caril
1 c.café Canela em Pó
1 c.sopa de óleo vegetal
1 c.chá de Sal
Pimenta Moída q.b.
1 c.chá de Sementes de Mostarda

Salada:
1 Embalagem de Mistura de Salada
1 Chávena de Tomate (usei cherry)
Sumo de 1 Lima
Amendoins Salgados

Molho de Iogurte:
1 Iogurte Natural
1 dente de Alho
Sal e Pimenta q.b.
Folhas de Hortelã

Limpe os camarões e dê-lhes um golpe na parte mais volumosa, no sentido do comprimento.
Prepare a marinada: num almofariz coloque as sementes de mostarda, o sal e o alho e esmague. Numa frigideira toste ligeiramente as restantes especiarias e junte-as ao camarão, juntamente com a pasta de alho. Deixe ganhar sabor pelo menos durante 30 minutos.

Prepare o molho: Misture o iogurte, a hortelã picada, o dente de alho ralado ou picado finamente e tempere com sal e pimenta. Se desejar um sabor menos forte de iogurte,junte 1 c.sopa de maionese.

Numa frigideira coloque o óleo, deixe aquecer e frite os camarões. Retire-os e na gordura que ficar na frigideira, esprema o sumo de 1 lima (já com o lume desligado).

Coloque a salada numa travessa, junte os tomatos e tempere com o molho da frigideira. Disponha os camarões, os amendoins picados (ou inteiros) e o molho de iogurte. Sirva de imediato.

Tagliatelle com Amêijoas e Molho de Anchovas e Tomate Assado

Quem me segue por estas bandas, sabe os motivos da minha ausência. Estou no primeiro trimestre de gravidez (quase a passar para o segundo) e tive imensos enjoos. E não eram matinais ao contrário do que se diz…duravam o dia todo, e se eu acordasse durante a noite, até aí me sentia mal. Um sofrimento menor comparado com a enorme felicidade de estar grávida do meu primeiro filho (ou filha), mas mesmo assim a tarefa de cozinhar (ou sequer pensar em comida), tornou-se bastante insuportável para mim…haverá algo pior do que uma blogger de culinária enjoar comida? Não me parece…e por mais incrível que pareça deixei de conseguir gostar de algumas coisas que antes adorava comer, tais como bróculos, queijo da ilha ou feijão verde. E passei a desejar coisas que antes não detestava, mas simplesmente não me faziam pular de alegria: canja ou laranjas. A sério…eu a comer canja!!

Untitled-1

Finalmente já estou minimamente funcional nas artes culinárias e juro que algo que me tem dado imenso gozo comer (ainda mais do que antes) são as massas! Sem grandes requintes, ou especialidades…apenas comida autêntica e saborosa! Esta receita é especial porque ensina como fazer um molho de tomate fantástico, sem grande aparato ou trabalho…apenas tomates assados até atingirem a doçura ideal, tão suaves que a pele se desfaz num molho delicado e maravilhoso! Um ramo de manjericão e umas anchovas…and I’m a happy girl!

3

SERVE: 4
TEMPO: 45MIN

INGREDIENTES:
1/2 Kg de Tomates de Rama
3 Dentes de Alho
Sal e Pimenta q.b.
1/2 copo de Azeite
250g de Tagliatelle
4 anchovas (2 algum do óleo)
1 cálice de vinho do Porto
1 Ramo de Manjericão
1/2 Kg de Amêijoas

PREPARAÇÃO:
Num tabuleiro coloque os tomates cortados ao meio, voltados para baixo, e temperados com sal e pimenta e metade do azeite. Deixe assar em forno pré-aquecido a 200ºC durante 30 minutos (junto à grelha).
Num tacho coloque o restante azeite, os dentes de alho picados e as anchovas. Deixe o alho cozinhar ligeiramente, mexendo com a colher para que as anchovas de desfaçam no molho.
Junte os tomates (pode juntar mesmo assim em metades, ou pode triturá-los primeiro), um cálice de vinho do Porto e tempere de sal e pimenta.
Coloque um tacho com água temperada com sal ao lume, até que a água entre em ebulição.
Deixe o molho borbulhar e reduza para o mínimo, junte as amêijoas e deixe que estas abram.
Coza o tagliatelle durante (5 minutos). Não deixe que ele cozinhe totalmente, pois o objetivo é que termine a cozedura no molho de tomate.
Quando a massa estiver cozinha, escorra-a, mas reserve alguma da água de cozedura. Junte-a ao molho de tomate e se necessário, retifique a espessura do molho com alguma da água de cozer a massa. Deixe que esta fique al-dente e aí junte o manjericão. Mexa e sirva de imediato.

2