requeijão

Pudim de Requeijão e Amêndoa com Praliné de Amendoim

Eu adoro a Cozinha Tradicional Portuguesa. Tem tanta variedade de diferentes pratos, e acima de tudo faz uso de tantos ingredientes que são pouco usados em outras culturas. Temos uma gastronomia tão diversificada, diferente e original, e por mais que gostemos de provar pratos de outras culturas, não devemos esquecer o patrimómio gastronómico do qual devemos ter tanto orgulho.

Este pudim é inspirado num pudim de requeijão muito apreciado na zona norte, e garanto que sabe ainda melhor do que parece. Tem uma textura aveludada, rica, cremosa e envolvente e extremamente difícil de resistir…claro que muito deste resultado também se deve à qualidade dos produtos usados, principalmente do requeijão.

Aviso: inapropriado para gulosos!

3

SERVE: 4
TEMPO: 20+90min

INGREDIENTES:

Pudim:
300g de Requejão (usei Requeijão Teté de Cabra)
60g de Amêndoa
250g de Açúcar Branco
1/2 Chávena de Leite
6 gemas de Ovo
1 c.chá de Canela em pó
Caramelo Líquido para untar a forma

Praliné de Amendoim:
1/2 chávena de amendoim salgado
1 chávena de chá de açúcar

Praliné:
Numa folha de papel vegetal coloque os amendoins dispersos.
Numa frigideira coloque o açúcar e ligue o lume. Deixe que o açúcar ganhe a cor castanha característica do caramelo e despeje de imediato sobre os amendoins. Deixe arrefecer e solidificar completamente antes de utilizar.

Pudim:
Pré-aqueça o forno a 175º, colocando dentro deste uma taça com água de forma a poder cozer o pudim em banho maria.
Comece por pelar as amêndoa (caso não as tenha nessa forma). Aqueça uma panela com água e quando ferver coloque-as deixando ferver alguns minutos. Retire-as, passe por água fria e se apertar as amêndoas entre os dedos vê que a pele sai facilmente.
Numa liquidificadora coloque todos os ingredientes (àexcepção do caramelo) e triture até obter uma massa uniforme.
Unte a forma com caramelo líquido e coloque a massa dentro desta. Coloque a forma no banho maria e deixe cozer durante 70 a 90 minutos. O pudim está pronto quando tiver uma textura firme e ao picar com um palito, este sair limpo.
Antes de desenformar deixe o pudim arrefecer durante pelo menos 6 horas no frigorífico (o ideal é deixar durante a noite).
Desenforme e decore com pedaços de praliné.

4

Risotto de Tomate e Requeijão com Crocante de Broa, Bacon e Sálvia

Cada vez mais gosto de pratos onde a estrela principal não seja a carne ou o peixe. Não que me consigam convencer a converter ao vegetarianismo para todo o sempre (até porque não conseguiria deixar de comer peixe), mas gosto de pratos mais focados em outros ingredientes!

Os risottos são perfeitos para realçar um ingredientes especial: uma especiaria, um queijo, um legume ou uma erva. São pratos robustos, que complementam com a adição de queijo, todas as proteínas que precisamos para o dia a dia. E eu adooooooro a sua cremosidade…o casamento perfeito entre simplicidade e indulgência.
Este prato tem um pouco disso tudo: um molho cremoso e enriquecido com requeijão, a textura da broa crocante e o sabor forte do tomate e da sálvia. Perfection!

SERVE: 4
TEMPO: 30 MIN

INGREDIENTES:

Risotto:
1/2 Cebola Picada
1 chávena de Alho Francês picado
Sal e Pimenta q.b.
1/2 chávena de chá de Bacon picado
1 c.s. de Sálvia picada
2 c.s. de Azeite
1 chávena de tomate cherry (pode trocar por cubos de tomate)
150g de Requeijão de Mistura Teté
200g de Arroz Arborio
1L de Caldo (1L de água e um cubo de caldo de carne)
1 c.s. de Paprika fumada

 

Crocante de Broa e Bacon:
1 dente de alho picado
1 c.s. de Azeite
1 Chávena de miolo de broa picado
1/2 chávena de chá de Bacon em tirinhas
1 c.s. de Sálvia em folhas

risotto4 risotto1

Comece por preparar o caldo para o risotto. Leve a água ao lume com o cubo e deixe levantar fervura. Reserve quente.
Passando ao risotto: num tacho coloque a cebola, o bacon, o alho francês e a sálvia picados e deixe refogar com o azeite. Quando a cebola começar a ganhar cor, junte o tomate, a paprika e o arroz. Deixe o arroz fritar durante 1 minuto e junte uma concha de caldo. Sempre que o arroz começar a secar vá juntando uma concha de caldo, mexendo entre adições. Repita este processo durante cerca de 13 minutos (o arroz deve ficar ligeiramente al dente, e com um caldo grosso). Junte o requeijão, mexa e tempere com o sal e a pimenta. Reserve.

Para o crocante: coloque uma frigideira ao lume, junte o azeite, as folhas de sálvia e o bacon em tiras e deixe que este fique dourado. Nesta fase adicione o alho picado e a broa.
Tempere com sal e pimenta e deixe que a broa frite e fique crocante e dourada.

Numa travessa disponha o risotto,e sobre este o crocante de broa. Sirva de imediato.