requeijão

Bolo de Requeijão com icing de framboesa

Doce, doce 2016…foste sem dúvida muito especial. Trouxeste-me as primeiras vezes da Carlota…a primeira papa, o primeiro dia na escola, as primeiras provas de tantos sabores, o primeiro chocolate, os primeiros passos, as primeiras palavras. Deixam adivinhar um foodie tagarela como a mãe.
2016 trouxe também outras coisas boas tanto a nível pessoal como profissional.
2017 promete aventuras tão boas ou ainda melhores!
Não sou de grandes festejos no dia 31, para mim o que importa mesmo é poder começar tudo outra vez, como a primeira página de um livro em branco!

Votos de um Feliz Ano 2017!

c

SERVE: 6
TEMPO: 60MIN

INGREDIENTES:
1 Iogurte
8 ovos
200g de requeijão de vaca
200g de açúcar branco+75g de açúcar amarelo
Raspa de 1 laranja
350g de farinha de trigo
50g de manteiga de vaca
1 c.s. de fermento em pó
Manteiga para untar e farinha de trigo para polvilhar

Icing de framboesa:
200g de Framboesas frescas
2 chávena de chá de açúcar em pó
3 c.s. de sumo de limão

PREPARAÇÃO:
Ligue o forno nos 180ºC.
Num taça coloque o requeijão e o açúcar e bata até obter uma mistura homogénea.
Adicione os ovos,um a um, assim como a raspa da laranja, a manteiga derretida e o iogurte. Bata até misturar.
Adicione a farinha e fermento peneirados e envolva sem bater.
Coloque a massa num forma untada com manteiga e polvilhada com farinha.
leve ao forno durante 40 minutos ou até que o palito saia limpo.

Icing de framboesa:
Numa taça coloque algumas das framboesas e esmague-as com a ajuda das costas de uma colher. Adicione o açúcar em pó e o sumo de limão e misture até homogeneizar. Se necessário adicione mais sumo de limão.

Quando o bolo ficar pronto deixe arrefecer antes de desenformar. Coloque as framboesas do centro do bolo e regue com o icing.

3

 

8

a

Esparguete com Requeijão, Avelãs e Cogumelos

Já muito aqui falei das minhas opções alimentares, e do que não dispenso na minhas refeições: muito peixe, fruta e legumes (maioritariamente biológicos). Não sou de extremos, mas jamais conseguiria ser vegan ou vegetariana. Adoro ovos, derivados de leite, leite, carne e peixe. É meu. Está entranhado em mim desde que me lembro de ser gente! Apenas num caso extremo de saúde me veria a abdicar de uma bela costeleta do cachaço, ou de um bife de vaca, ou de um robalinho! Jamais! Não julgo ninguém pelas escolhas alimentares que tenham…na verdade acho admirável a disciplina alimentar que algumas pessoas adotam quer por questões de saúde, quer por ideologia. Eu não conseguiria.

Mas isto não significa que não reconheça os malefícios dos excessos alimentares, do consumo excessivo de carne e gorduras, da produção em massa dos frangos, porcos e vacas, que em tanto diminui a sua qualidade. Precisamente por isso é bom ficarmos por terrenos mais neutros e optar pelas massas, sopas, saladas sem carne ou peixe. Por mim tudo bem, mas o meu marido torce logo o nariz e vai buscar uma lata de atum. Mas desta vez nem foi o caso! Primeiro porque a massa assim mesmo tem ótimo aspeto. E depois porque tem ingredientes que a tornam uma refeição equilibrada quanto baste: queijo, frutos secos e cogumelos. E é só isso que é preciso. Ingredientes que cumpram a roda alimentar sem serem necessariamente a carne e o peixe.

E para mim funciona lindamente! Simples, fácil e delicioso. Boas escolhas alimentares!

1

5

SERVE: 2
TEMPO: 25 MIN

PREPARAÇÃO:
200g de Esparguete
150g Cogumelos Brancos
2 dentes de Alho picados
2 c.s. de Azeite
2 c.s. de Manteiga
1 ramo de Tomilho
1/2 Cebola picada
Sal e Pimenta q.b.
100g de Requeijão de vaca

PREPARAÇÃO:
Coloque uma panela com água e sal a ferver. Quando levantar fervura coza o esparguete.
Numa frigideira coloque o azeite a aquecer. Adicione os cogumelos laminados, junte o alho e cebola picados e as folhas de tomilho. Quando os cogumelos ganharem cor, tempere com sal e pimenta e reserve.
Quando o esparguete estiver cozido, escorra e guarde 1 chávena da água de cozedura.
Ligue o lume da frigideira novamente e adicione a manteiga, deixe cozinhar 1 minuto em lume alto e junte o esparguete.
Envolva o molho com a massa e junte alguma da água de cozedura. Retire do lume, junte o requeijão desfeito.
Pique o miolo da avelãs e disponha por cima.
Sirva de imediato.

 

Raviolis de Ovo e Alheira com Manteiga de Salva

Poderia começar este post por dizer que vos trazia uma receita mais leve para compensar os excessos da Páscoa…algo entre uma salada ou uma sopa. Mas não é o caso! Na verdade é precisamente e exatamente o oposto!
E porque não? Eu pensei e não encontrei nenhuma razão plausível para deixar de partilhar esta delícia com todos vocês que desse lado são tão bons comedores quanto eu! Este prato é daquelas coisas que não se podem comer todos os dias…mas como todas as coisa deliciosas, só têm piada se forem de vez em quando.
Indulgente? Afirmativo!
Cremoso? Check!
Delicioso? Siiiim!
Que nos valham as camisolas que ainda vão sendo compridas e discretas! Olé!

DSC_0011

SERVE: 4
TEMPO: 60MIN

INGREDIENTES:
Massa:
100g de farinha de Trigo
1 Ovo inteiro

Molho:
1 Alheira
1 chávena de Cogumelos Brancos picados
1/2 Cebola picada
1 Dente de Alho picado
1 ramo de Salsa picada
100g de Requeijão de Vaca
2 c.s. de Azeite
Sal e Pimenta q.b.
1 gema de Ovo por ravioli
1 c.s. de Manteiga
Folhas de Salva

PREPARAÇÃO:
Massa:
Pese a farinha e coloque-a num monte sobre uma superfície apropriada para amassar: pedra ou madeira de preferência.
Faça um buraco no centro, e coloque o ovo nesse buraco. Com a ajuda de um garfo, e em movimentos circulares, vá incorporando a farinha e o ovo. Quando obtiver uma textura de areia molhada, comece a amassar manualmente.
Amasse até sentir que a massa começa a adquirir alguma elasticidade. Forme uma bola e embrulhe-a com película aderente. Deixe repousar no frigorífico pelo menos durante 1/2 hora.
Depois deste período de tempo, estenda a massa, apenas de forma a que caixa na ranhura da máquina.
Passe-a na ranhura 1 até que fique bem uniforme e macia.
Depois passe para a ranhura 5. Estenda a massa até obter uma espessura fina e coloque-a numa superfície.

Recheio:
Numa frigideira, coloque o azeite, o alho, os cogumelos e cebola picados e deixe que ganhem alguma cor. Junte o miolo da alheira e mexa. Tempere com sal e pimenta e retire do lume.
Coloque o preparado numa taça, junte o requeijão e triture com uma varinha mágica (pode deixar com mais ou menos textura conforme prefira). Adicione a salsa picada e deixe arrefecer.
Coloque água temperada com sal a ferver para cozer os raviolis.
Na folha de massa, coloque uma porção do recheio. Faça uma covinha do centro e coloque a gema nesta. .
Coloque outra folha de massa por cima e com a ajuda dos dedos retire o ar da bolsa onde está o recheio. Cole ambas as folhas de massa. Corte com uma chávena ou taça e coza os raviolis durante 2 ou 3 minutos.
Enquanto cozem, coloque a manteiga a derreter numa frigideira e frite as folhas de salva nesta. Junte os raviolis com alguma da água da cozedura e deixe que ganhem sabor por alguns instantes.
Sirva de imediato.

DSC_0012

DSC_0024

DSC_0028

DSC_0034

Queijadas de Laranja e Requeijão

Finalmente a Primavera. Perdão: primavera!
Perdeu a inicial maiúscula, mas não perdeu o encanto. Continua a ser a minha estação favorita. Ali no meio entre o calor insuportável do verão e o frio implacável do inverno. Lentamente os dias cinzentos vão-se despedindo, enquanto uma nova palete de cores se vai instalando calmamente. Promessa de dias maiores, campos verdes e floridos, passeios ao ar livre.
Tão bom!

4

3

Por aqui os passeios à beira mar vão ajudando a reforçar a vitamina D, e para a imunidade nada melhor do que as laranjas, que são deliciosas nesta estação.

Vamos vitaminar por aí?

2

SERVE: 12 queijadas
TEMPO: 90min

INGREDIENTES:

Massa:
350 g de farinha
120 g de margarina amolecida
50 g de açúcar
1 ovo
50ml de água gelada

Recheio:
350 g de requeijão
200 g de açúcar
6 Ovos
Raspa de 1 Laranja

Canela em pó e Açúcar em pó para polvilhar
Margarina para untar

PREPARAÇÃO:
Numa superfície, coloque a farinha e o açúcar, junte a margarina amolecida e amasse.
Abra depois um buraco no meio, junte o ovo batido e a água.
Amasse até ficar uma massa homogénea.
Reserve no frigorífico durante meia hora.
Ligue o forno a 180 graus.
Numa liquidificadora, coloque o requeijão, o açúcar, os ovos e a raspa da laranja. Misture bem.
Unte as formas com a margarina. Estenda a massa até que fique muito fina e forre-as.
Encha as formas com o recheio e leve ao forno durante meia hora (ou até que fiquem totalmente douradas).
Retire, desenforme, deixe arrefecer e sirva polvilhado com açúcar em pó e canela.

Crostini’s de Requeijão, Salmão e Azeitona

Ultimamente os horários cá de casa andam todos trocados. Acho que a chegada de um bebé é assim mesmo. Para alguém que aprecia bastante horários e rotinas como eu é algo difícil ajustar-me a esta nova realidade. Ainda por cima porque eu sou aquela pessoa que mesmo quando não está a fazer nada, está sempre a fazer alguma coisa (não sei se me faço entender). Agora nada disso é possível…há dias muito bons em que consigo fazer imensas coisas, outros em que só consigo dedicar-me exclusivamente à bebé.

4

Verdade absoluta: a chegada de um filho muda-nos visceralmente. Passamos a ter outras prioridades, a relativizar tantas coisas que antes pareciam enormes e que passam a ninharias, a apreciar o silêncio e as pequenas coisas que nos fazem sentir normais e tão “nós”- aqueles pequenos prazeres do dia-a-dia tão nossos e triviais mas que damos por garantidos: ler uma revista, saborear um café, comer devagar, preparar uma refeição com calma (algo que gosto tanto de fazer!) ou saborear um crostini destes, com os pés para cima enquanto se olha pela janela.

SERVE:4
TEMPO: 20MIN

INGREDIENTES:
4 c.s. de Azeitonas Pretas Descaroçadas
100g de Requeijão de Vaca Tété
2 c.s. de Cebola roxa picada
Raspa de 1/2 Limão
2 c.s. de Salsa Picada (guarde algumas folhas para decorar)
2 c.s. de Maionese
Sal e Pimenta q.b.
4 Fatias de Salmão Fumado
4 fatias de Pão de Centeio
1/2 Malagueta vermelha

Pique as azeitonas, a cebola roxa, a malagueta e a salsa. Junte tudo numa taça e adicione a raspa do limão.
Acrescente o requeijão, a maionese e metade do salmão picado.
Tempere com sal e pimenta. Misture e reserve.
Toste as fatias de pão de centeio e disponha o preparado anterior sobre estas.
Decore com restante salmão picado, folhas de salsa e pimenta moída por cima.

3

2

Linguini com Molho de Alho Francês, Mexilhão e Requeijão

E eis-me finalmente de volta. Para aqueles que me seguem aqui, já sabem o motivo da minha ausência temporária, (na verdade um excelente motivo!!): 39 semanas e 4 dias depois, finalmente a Carlota nasceu, com 3425g e 50cm.

Infelizmente na fase final da gravidez desenvolvi pré eclâmpsia e o parto teve de ser provocado. Não foi rápido (aliás como é habitual nos primeiros filhos) e sinceramente pensei que fosse ser menos doloroso, mas às 00h40 a minha vida mudou para sempre. Sei que estas palavras soam a cliché, mas ainda agora não consigo explicar a emoção que se sente quando nasce um filho. É uma ligação mútua e tão visceral que embora já forte mesmo antes do nascimento, se vincula com enorme naturalidade no momento em que a pele do bebé e da mãe se tocam. Não há nada mais forte e sincero do que aquele amor incondicional.

Estes 12 dias têm sido uma enorme viagem. Cada dia aprendo mais e mais, e sei que no dia a seguir serei melhor e sentir-me-ei mais confiante. Com a Carlota, cresceu uma família, nasceu um pai maravilhoso e uma mãe. E apesar das noites mal dormidas, das cólicas, das dúvidas e incertezas de primeira viagem, todos os momentos são uma benção e não posso senão sentir-me grata e extremamente abençoada.
Queremos também agradecer as palavras bonitas que partilharam connosco! Não poderíamos estar mais felizes!

Finalmente a rotina vai-se reinstalando cá por casa…já saímos para dar pequenos passeios com a princesa, já consigo espreitar o que se vai passando na net, e finalmente também já se cozinha, nem que sejam coisas mais simples, rápidas e convenientes. As massas continuam a ser as minhas favoritas e dos pratos mais versáteis que existem. Sabe tão bem voltar a casa e à comidinha caseira!

SERVE: 4
TEMPO: 20 MIN

INGREDIENTES:
1 Kg de Miolo de Mexilhão
3 c.s. de Azeite
1 dente de Alho
1 Alho Francês (apenas a parte branca)
300 ml de Natas para Culinária
125g de Requeijão de Vaca Tété
1 ramo de Cebolinho
1 Malagueta Vermelha
Sal q.b.
500g de Linguini

Coloque ao lume, uma panela com água e sal e deixe levantar fervura. Quando ferver coloque o linguini e respeite o tempo de cozedura recomendado na embalagem.
Enquanto a massa coze prepare o molho: corte o alho francês em rodelas e leve a refogar no azeite.
Quando o alho francês começara ficar translúcido junte o alho picado, meia malagueta em rodelas e o miolo de mexilhão. Mexa e deixe cozinhar uns 2 minutos.
Junte as natas e deixe que o molho reduza (5 minutos). Retire do lume.
Junte o cebolinho picado e o requeijão.
Escorra a massa e envolva-a no molho.
Sirva-a de imediato decorando com a restante malagueta.

4

3

1