queijo

Quadrados de Côco e Requeijão

O coração do país está de luto. Entre as notícias que nos chegam diariamente, surgem os relatos do horror e tragédia que têm assolado as pessoas e floresta do nosso país.
Histórias de medo, perda e dor interminável.
Traumas que irão acompanhar estas pessoas até ao fim das suas vidas.
Pessoas que perderam pessoas, bens, casas.
Pessoas que perderam a esperança e a paz.
Pessoas que perderam tudo.

No meio deste caos que se tem vivido, surgem todos os heróis anónimos que dão o seu tempo, coragem, força e muitas vezes vida para salvar os outros. Bombeiros, vizinhos, pessoas que contribuem com o que podem.
A todos eles…heróis anónimos ou não, vítimas diretas e indiretas, um abraço de força e carinho.

Que venham dias mais felizes!

SERVE: 4
TEMPO: 45MIN

INGREDIENTES:
150g de requeijão (usei de mistura)
5 gemas+5 claras de ovo
1 pitada de sal de mesa
100g de côco ralado
Sumo e raspa de 1 limão
150g de açúcar branco
2 colheres de sopa de mel

PREPARAÇÃO:
Ligar o forno a 180ºC.
Untar com margarina um tabuleiro retangular e reservar.
Bater as claras com uma pitada de sal fino em castelo firme e reservar.
Numa outra taça bater as gemas, o requeijão, o açúcar, o mel, o sumo e a raspa do limão e o côco ralado.
Incorporar aos poucos as claras em castelo sem bater.
Colocar a massa na forma e levar ao forno por 20-25 minutos.
Deixar arrefecer.
Cortar em quadrados e servir polvilhado de côco ralado.

Pães de Queijo

Entre os dias confusos de sol, chuva ou vento, vão-se aproveitando as tardes longas deste quase verão para usufruir do ar livre e de algumas atividades físicas. Um passeio na praia, uma corrida ou uma simples ida ao parque são ótimas rotinas para manter saudáveis corpo e alma.

Apesar disso, gosto sempre dum serão com filmes ou séries e ultimamente tenho acompanhado uma nova série biográfica da netflix, chamada “Chef’s Table”. Fiquei verdadeiramente rendida à produção e direção fotográfica. Que imagens incríveis!
Mostra as criações e história de vida dos melhores chefs do mundo. É verdadeiramente fascinante!
De todos os episódios que já vi, todos eles têm em comum algo: todos viveram dificuldades tremendas (desde morte de familiares ou doenças gravíssimas), transformando a sua maneira de pensar e de viver.
Todos eles tiveram de ultrapassar essas adversidades, percebendo afinal que deveriam viver a sua paixão e a sua vida, da forma que sempre sonharam e nunca tentando agradar a terceiros.
Dá que pensar.
E todos eles viram as suas experiências serem transformadas plenamente.
As melhores fases das suas vidas e carreiras nasceram desses momentos e hoje são pessoas plenamente apaixonadas pela sua profissão.

Daí a estes pães de queijo, é só um saltinho!

A nossa vida também tem de ser guardada para os melhores momentos…mesmo que isso às vezes signifique simplificar as receitas do dia-a-dia(como neste caso) e dedicar mais tempo a tantas outras coisas boas!

Bom apetite!

SERVE: 6
TEMPO: 60 MIN

INGREDIENTES:
250 de farinha de trigo
10g de fermento de padeiro desidratado
1 c.café de sal fino
3 c.s. de açúcar branco
1 queijo curado nº2 (220g)
1 ovo+1 gema
50ml de leite morno

PREPARAÇÃO:
Dissolva o fermento no leite, juntamente com a açúcar. Reserve num sítio morno até começar a formar uma espuma.
Bata o ovo com um garfo e reserve.
Numa superfície limpa e seca, coloque a farinha peneirada e o sal. Misture com um garfo.
Abra um buraco no meio da farinha e coloque a mistura de fermento e leite. Adicione também o ovo.
Com a ajuda de um garfo envolva os ingredientes lentamente até se misturarem.
Com as mãos, amasse durante uns 5 minutos até que a massa fique elástica e homogénea. Use alguma farinha adicional apenas se necessário ou para limpar as mãos.
Coloque a massa numa taça enfarinhada e cobra com um pano limpo.
Deixe a massa num sítio quente ou com uma manta em torno da taça até que duplique de tamanho.
Retire a massa da taça, coloque-a numa superfície enfarinhada e divida-a em porções do tamanho de ovos. Coloque a massa na palma da mão, coloque um pedaço de queijo no centro e com ambas as mãos, envolva em massa em torno do queijo.
Ligue o forno nos 180ºC e pincele os pães com a restante gema de ovo. Deixe que dupliquem de tamanho.
Leve ao forno e deixe que cozinhem durante 15-20 minutos até que fiquem dourados à superfície.
Retire do forno e deixe arrefecer para poder servir.

Cheesecake de Caramelo

Este foi o primeiro cheesecake não cru que experimentei. É claramente uma versão completamente diferente. Com uma textura muito distinta…e um sabor completamente peculiar!
Que melhor forma de o descrever senão: veludo numa colher!

Bom apetite!

SERVE: 6
TEMPO: 90MIN

INGREDIENTES:
3 ovos
250g de Requeijão
200g de queijo creme (tipo filadélfia)
1 Lata de Leite Condensado cozido
1 Pacote de bolachas de água e sal
100g de Manteiga

PREPARAÇÃO:
Pré aqueça o forno a 180ºC.
Num robot de cozinha (ou com uma varinha mágica) triture as bolachas até obter uma areia grossa. Derreta a manteiga, adicione e triture mais um pouco para misturar bem. Coloque este mistura numa forma de fundo móvel (20cm) e pressione com as costas de uma colher, ou com os dedos até ficar uma base firme e compacta. Reserve no frigorífico enquanto prepara a restante receita.
Num liquidificador, coloque os ovos, o requeijão, o queijo creme e o leite condensado. Misture durante alguns minutos.
Coloque a massa na forma e leve ao forno durante 60-75 minutos. Faça o teste do palito para verificar que este sai limpo.
Retire e deixe arrefecer completamente para poder desenformar.

salada de arroz selvagem com requeijão e nozes

Bom, acho que é desta que podemos contar com uns belos dias de primavera! Em Abril, águas mil…mas eu vou-me contentando com os dias compridos e as roupas mais curtas!

O tempo mais quente pede outros alimentos. Primeiro porque o verão está quase aí e o bikini não perdoa os pecados que o inverno cometeu Depois porque apetecem outros sabores. Frutas frescas, saladas, comidas leves, mais frias, mais saudáveis, mais fáceis de preparar. Sumos, batidos, taças com fruta…tudo em modo bem informal e familiar, quer em casa quer num piquenique.

Esta salada glorifica não só o requeijão como uma recente descoberta minha: o arroz selvagem! Estou completamente rendida. O sabor, o aspeto, a textura são viciantes! Fica mesmo bem numa salada como esta! ~
E vocês já experimentaram?

SERVE: 4
TEMPO: 30min

Ingredientes:
1 chávena de arroz selvagem
2 ovos cozidos
1 molho de coentros frescos (a gosto)
Sal e pimenta q.b.
3 c.s. de azeite virgem
1 c.s. de vinagre de vinho tinto
½ chávena de miolo de noz
½ chávena de azeitonas descaroçadas
1 requeijão de alho e ervas

Preparação:
Numa panela coloque o arroz selvagem.
Coloque água suficiente para o cobrir, junte uma pitada de sal e leve a cozer. Conte 15 minutos a partir do momento que começar a ferver. Escorra, passe por água fria e reserve.
Pique os coentros finamente. Reserve.
Numa taça coloque o arroz e junte os coentros. Adicione o miolo das nozes, as azeitonas e o requeijão desfarelado.
Numa taça junte os ingredientes da vinagrete: misture o azeite e o vinagre e tempere com sal e pimenta.
Regue a salada com o molho e misture os ingredientes.
Coloque os ovos cortados em gomes sobre a salada e sirva fresca ou à temperatura ambiente.

salada de queijo fresco, nozes e beterraba assada

Depois de um fim de semana de sol pleno (vamos esquecer o vento frio, ok?) podemos felicitar-nos com a chegada da primavera, certo??
Bom, eu acho que só preciso de uma desculpa para abrir a época das saladas…

Boa semana!

SERVE: 4
TEMPO: 60min

Ingredientes:
Folhas de salada a gosto (alface, canónigos, rúcula, agrião, endívidas, ou o que mais apreciar)
1 queijo fresco (usei de ovelha)
½ chávena de miolo de nozes
1 beterraba
3 c.s.de azeite
Sal e pimenta q.b.
1 c.s. de vinagre balsâmico
1 c.s. de vinagre de vinho tinto
1 c.s. de mel
2 chávenas de óleo vegetal
2 fatias de pão duro

Preparação:
Aqueça o forno nos 180ºC.
Descasque a beterraba e corte-a em pedaços. Coloque-os numa taça. Tempere-os com sal e pimenta, 1 c.s. de azeite e 1 c.s. de vinagre balsâmico. Coloque os pedaços num tabuleiro de forno e asse-os durante 40 minutos. Retire e deixe arrefecer.
Coloque o óleo a aquecer para fritar o pão.
Corte o pão em cubos e frite-o até obter uma cor dourada. Retire e coloque a escorrer em papel absorvente.
Numa travessa disponha as folhas de salada bem lavadas e escorridas.
Junte os pedaços de beterraba e o miolo de noz.
Corte o queijo fresco em cubos e disponha sobre a salada, assim como os croutons.
Tempere com sal, azeite e vinagre de vinho tinto.
Sirva de imediato.

Pudim de Requeijão, mel e laranja

Mais uma semana que começa…e trouxe a chuva com ela novamente!

Não sei porquê mas desde que a Carlota nasceu parece que o tempo passou a correr mais depressa. A segunda voa até sexta num abrir e fechar de olhos. No sábado começam as limpezas, as refeições para a semana, brincadeiras com a miúda, compras no hipermercado, talvez um passeio pelo parque se a chuva deixar e quando dou por ela é segunda outra vez!
Felizmente ao final do dia já não é tão escuro e o dia faz-se parecer um pouco maior. Um artifício falso, já que o tempo continua o mesmo: 24 horas de azáfama!

Ufa! Boa semana!

 

SERVE: 6
TEMPO: 10+60MIN

Ingredientes:
8 gemas e 4 ovos
500g de requeijão (usei de vaca)
6 c.s. de mel
Sumo e raspa de 2 laranjas
4 c.s. de açúcar branco
60g de miolo de amêndoa
Caramelo q.b.

Preparação:
Aqueça o forno nos 180ºC.
Numa picadora coloque o miolo de amêndoa (sem pele) e pique até obter uma farinha fina.
Num liquidificador (ou num copo de varinha mágica) coloque o requeijão escorrido, os ovos e as gemas, o mel, o açúcar, o sumo e raspa da laranja e triture até obter uma mistura homogénea.
Prepare a forma do pudim, pincelando o seu interior com uma quantidade generosa de caramelo.
Encha-a com o preparado anterior e coloque-a no forno durante 50-60 min (ou até que fique com uma consistência firme).
Deixe arrefecer antes de desenformar.