queijo parmesão

Esparguete com pesto de pimento e queijo fresco

Com a absoluta certeza de que os belos dias de sol já lá vão, regressa a vontade de comer pratos mais robustos e reconfortantes…daqueles que aquecem o corpo e a alma. Mas da horta ainda vêm alguns tomates e pimentos. Uns vão para congelar para usar durante o resto do ano, outros merecem uso imediato, apelando a um prato de massa. E a prova de o pesto não é só feito com mangericão e pinhões, eis uma excelente alternativa.

6
dsc_0080

SERVE: 4
TEMPO: 45min
INGREDIENTES:
500g de esparguete
2 chávenas de folhas de espinafres (pode usar congeladas)
3 pimentos vermelhos
3 dentes de alho
Sal e Pimenta q.b.
2 c.s. de Azeite
½ chávena de miolo de amêndoa
½ chávena de queijo parmesão ralado
1 ramo de manjericão
½ chávena de azeite
Queijo com alho e ervas

PREPARAÇÃO:
Limpe as sementes dos pimentos e corte-os em pedaços. Num tabuleiro coloque o pimento, os dentes de alho, sal e pimenta e as 2 c.s. de azeite. Leve a assar em forno pré aquecido a 180ºC durante 30 minutos.
Num copo coloque o miolo das amêndoas, as folhas de manjericão (a gosto), o azeite, o pimento assado e o parmesão ralado. Triture com a varinha mágica e retifique o sal e a pimenta se necessário.
Reserve.
Num tacho coloque água temperada com sal e leve ao lume até levantar fervura. Nesse momento coloque o esparguete e os espinafres a cozer durante o tempo recomendado na embalagem do esparguete. Retire e escorra. Coloque numa taça e junte o pesto (quantidade a gosto). Sirva com o queijo de alho e ervas desfarelado sobre a massa.

dsc_0095

Grissini’s de Massa Folhada com Parmesão

Finalmente chegou o bom tempo! Ficamos logo com outra disposição. Passado o primeiro trimestre de gravidez, já me livrei dos enjoos e sinto-me a voltar à normalidade novamente. Já consigo cozinhar sem qualquer transtorno (a não ser a barriga no balcão), e estou a matar as saudades de todas aquelas semanas longe da cozinha!

2

Ando viciada em coisas salgadas, e estes grissini’s do Rudolph Van Veen são viciantes: ideais para um piquenique, uma entrada ou uma festa! Pode usar outros queijos, ou nem sequer colocar queijo algum e acompanhar com um paté. O que importa é que aproveite os dias compridos e com bom tempo, e desfrute do ar livre!

1

RECEITA PARA: 4
TEMPO: 45 min

INGREDIENTES:
250g de massa folhada (aprox. 1 embalagem, eu usei quadrada)
1 Ovo para Pincelar
50g de Queijo Parmesão Ralado
Sal Grosso e Cominhos para Polvilhar (opcional)

PREPARAÇÃO:
Pré aqueça o forno a 180ºC.
Coloque a massa numa superfície e com uma faca divida-a em 2 retângulos de tamanho igual.
Bata o ovo com um garfo e pincele um dos lados de um dos retângulos.
Coloque o queijo parmesão ralado nesse lado que foi polvilhado e coloque a outra folha de massa folhada sobre este.
Passe o rolo algumas vezes para que as duas folhas fiquem coladas.
Pincele a superfície que ficar voltada para cima e nesta fase pode polvilhar com os cominhos e o sal grosso. Pode optar por outros sabores: oregãos ou outras ervas secas, sementes, paprika, etc. Corte em tiras de 2-3 cm de largura e separe-as.
Leve ao forno durante 20-30 minutos mas vá vigiando. Retire-os quando estes estiverem bem dourados.
Retirei-os e deixe arrefecer 10 minutos antes de servir.

Risotto de Bacon e Porcini Secos

Comida reconfortante e calorosa…ideal para os dias de Outono. Para quem ainda não experimentou cogumelos desidratados, têm de experimentar. Têm imenso sabor e uma profundidade que os frescos não têm. Os porcini então…um sabor térreo, quase amadeirado. A infusão usada para os rehidratar guarda todo o seu sabor…que melhor forma de o usar senão num risoto!

TEMPO: 40 min
SERVE: 2 pessoas

INGREDIENTES:
200G de Arroz Arborio
100g de Bacon
1 Chávena de Cogumelos Brancos Laminados
1 Saco de Cogumelos Porcini
1 Cebola
1 Copo de Vinho Branco
1 Dente de Alho
Sal e Pimenta q.b.
2 c.s. de Azeite
2 c.s. de Manteiga
Queijo Parmesão
Água Quente

Prepare os cogumelos secos conforme instruções na embalagem. Reserve a água usada para os hidratar, mas lembre-se de a coar.
Corte o bacon em cubinhos, pique a cebola e o alho e lamine os cogumelos. Reserve.
Numa frigideira aqueça o azeite com 1 c.s. de manteiga e junte o bacon até este dourar. Refogue a cebola picada e o alho. Basta ficarem transparentes.
Acrescente o arroz e deixe absorver o refogado durante 1 minuto. Agite a frigideira ocasionalmente. Junte o vinho branco e mexa a frigideira (não use a colher de pau para mexer o risotto, agite a frigideira). Sempre que o risotto começar a secar junte algum do caldo dos cogumelos e mexa a frigideira. O tempo de cozedura do arroz deve ser de aproximadamente 13 minutos, mas vá experimentando até o grão apresentar uma textura “al-dente”. Retifique os temperos com sal e pimenta sempre que necessario. Se o caldo for insuficiente junte alguma água quente.
A meio da cozedura junte os cogumelos brancos.
No final coloque a restante manteiga no risotto, algum parmesão ralado e envolva gentilmente.
Deixe repousar 2 minutos antes de servir.