ovo

Bolo de Requeijão com icing de framboesa

Doce, doce 2016…foste sem dúvida muito especial. Trouxeste-me as primeiras vezes da Carlota…a primeira papa, o primeiro dia na escola, as primeiras provas de tantos sabores, o primeiro chocolate, os primeiros passos, as primeiras palavras. Deixam adivinhar um foodie tagarela como a mãe.
2016 trouxe também outras coisas boas tanto a nível pessoal como profissional.
2017 promete aventuras tão boas ou ainda melhores!
Não sou de grandes festejos no dia 31, para mim o que importa mesmo é poder começar tudo outra vez, como a primeira página de um livro em branco!

Votos de um Feliz Ano 2017!

c

SERVE: 6
TEMPO: 60MIN

INGREDIENTES:
1 Iogurte
8 ovos
200g de requeijão de vaca
200g de açúcar branco+75g de açúcar amarelo
Raspa de 1 laranja
350g de farinha de trigo
50g de manteiga de vaca
1 c.s. de fermento em pó
Manteiga para untar e farinha de trigo para polvilhar

Icing de framboesa:
200g de Framboesas frescas
2 chávena de chá de açúcar em pó
3 c.s. de sumo de limão

PREPARAÇÃO:
Ligue o forno nos 180ºC.
Num taça coloque o requeijão e o açúcar e bata até obter uma mistura homogénea.
Adicione os ovos,um a um, assim como a raspa da laranja, a manteiga derretida e o iogurte. Bata até misturar.
Adicione a farinha e fermento peneirados e envolva sem bater.
Coloque a massa num forma untada com manteiga e polvilhada com farinha.
leve ao forno durante 40 minutos ou até que o palito saia limpo.

Icing de framboesa:
Numa taça coloque algumas das framboesas e esmague-as com a ajuda das costas de uma colher. Adicione o açúcar em pó e o sumo de limão e misture até homogeneizar. Se necessário adicione mais sumo de limão.

Quando o bolo ficar pronto deixe arrefecer antes de desenformar. Coloque as framboesas do centro do bolo e regue com o icing.

3

 

8

a

Raviolis de Ovo e Alheira com Manteiga de Salva

Poderia começar este post por dizer que vos trazia uma receita mais leve para compensar os excessos da Páscoa…algo entre uma salada ou uma sopa. Mas não é o caso! Na verdade é precisamente e exatamente o oposto!
E porque não? Eu pensei e não encontrei nenhuma razão plausível para deixar de partilhar esta delícia com todos vocês que desse lado são tão bons comedores quanto eu! Este prato é daquelas coisas que não se podem comer todos os dias…mas como todas as coisa deliciosas, só têm piada se forem de vez em quando.
Indulgente? Afirmativo!
Cremoso? Check!
Delicioso? Siiiim!
Que nos valham as camisolas que ainda vão sendo compridas e discretas! Olé!

DSC_0011

SERVE: 4
TEMPO: 60MIN

INGREDIENTES:
Massa:
100g de farinha de Trigo
1 Ovo inteiro

Molho:
1 Alheira
1 chávena de Cogumelos Brancos picados
1/2 Cebola picada
1 Dente de Alho picado
1 ramo de Salsa picada
100g de Requeijão de Vaca
2 c.s. de Azeite
Sal e Pimenta q.b.
1 gema de Ovo por ravioli
1 c.s. de Manteiga
Folhas de Salva

PREPARAÇÃO:
Massa:
Pese a farinha e coloque-a num monte sobre uma superfície apropriada para amassar: pedra ou madeira de preferência.
Faça um buraco no centro, e coloque o ovo nesse buraco. Com a ajuda de um garfo, e em movimentos circulares, vá incorporando a farinha e o ovo. Quando obtiver uma textura de areia molhada, comece a amassar manualmente.
Amasse até sentir que a massa começa a adquirir alguma elasticidade. Forme uma bola e embrulhe-a com película aderente. Deixe repousar no frigorífico pelo menos durante 1/2 hora.
Depois deste período de tempo, estenda a massa, apenas de forma a que caixa na ranhura da máquina.
Passe-a na ranhura 1 até que fique bem uniforme e macia.
Depois passe para a ranhura 5. Estenda a massa até obter uma espessura fina e coloque-a numa superfície.

Recheio:
Numa frigideira, coloque o azeite, o alho, os cogumelos e cebola picados e deixe que ganhem alguma cor. Junte o miolo da alheira e mexa. Tempere com sal e pimenta e retire do lume.
Coloque o preparado numa taça, junte o requeijão e triture com uma varinha mágica (pode deixar com mais ou menos textura conforme prefira). Adicione a salsa picada e deixe arrefecer.
Coloque água temperada com sal a ferver para cozer os raviolis.
Na folha de massa, coloque uma porção do recheio. Faça uma covinha do centro e coloque a gema nesta. .
Coloque outra folha de massa por cima e com a ajuda dos dedos retire o ar da bolsa onde está o recheio. Cole ambas as folhas de massa. Corte com uma chávena ou taça e coza os raviolis durante 2 ou 3 minutos.
Enquanto cozem, coloque a manteiga a derreter numa frigideira e frite as folhas de salva nesta. Junte os raviolis com alguma da água da cozedura e deixe que ganhem sabor por alguns instantes.
Sirva de imediato.

DSC_0012

DSC_0024

DSC_0028

DSC_0034

Queijadas de Laranja e Requeijão

Finalmente a Primavera. Perdão: primavera!
Perdeu a inicial maiúscula, mas não perdeu o encanto. Continua a ser a minha estação favorita. Ali no meio entre o calor insuportável do verão e o frio implacável do inverno. Lentamente os dias cinzentos vão-se despedindo, enquanto uma nova palete de cores se vai instalando calmamente. Promessa de dias maiores, campos verdes e floridos, passeios ao ar livre.
Tão bom!

4

3

Por aqui os passeios à beira mar vão ajudando a reforçar a vitamina D, e para a imunidade nada melhor do que as laranjas, que são deliciosas nesta estação.

Vamos vitaminar por aí?

2

SERVE: 12 queijadas
TEMPO: 90min

INGREDIENTES:

Massa:
350 g de farinha
120 g de margarina amolecida
50 g de açúcar
1 ovo
50ml de água gelada

Recheio:
350 g de requeijão
200 g de açúcar
6 Ovos
Raspa de 1 Laranja

Canela em pó e Açúcar em pó para polvilhar
Margarina para untar

PREPARAÇÃO:
Numa superfície, coloque a farinha e o açúcar, junte a margarina amolecida e amasse.
Abra depois um buraco no meio, junte o ovo batido e a água.
Amasse até ficar uma massa homogénea.
Reserve no frigorífico durante meia hora.
Ligue o forno a 180 graus.
Numa liquidificadora, coloque o requeijão, o açúcar, os ovos e a raspa da laranja. Misture bem.
Unte as formas com a margarina. Estenda a massa até que fique muito fina e forre-as.
Encha as formas com o recheio e leve ao forno durante meia hora (ou até que fiquem totalmente douradas).
Retire, desenforme, deixe arrefecer e sirva polvilhado com açúcar em pó e canela.

Pavlova de Manga e Amêndoa

Vamos fingir que é Verão. Vamos fingir que não chove, que não está este frio e este vento. Que não andamos constipados e cheios de agasalhos.
Vamos fingir que é Agosto, num sítio qualquer bem quente e tropical: sol quente na pele, pés descalços, calção e chinelo. Ao fundo ouve-se a rebentação do mar, enquanto os dedos dos pés se enterram preguiçosos na areia. Algures na praia a sombra de uma palmeira oferece um terno conforto. Apetece sentar. Apetece olhar o mar sem fim, ouvir o seu barulho, respirar aquele salgado odor. Deixar a cabeça voar, enquanto os cabelos dançam marotos com a brisa. Vamos respirar, ouvir, sentir. Vamos tirar a t-shirt, correr até à rebentação e ceder ao calor. Mergulhar. Fundo. E vir à tona e flutuar enquanto no céu as gaivotas deambulam sem destino.
Vamos lá?

Untitled-3

Untitled-4

TEMPO: 30MIN+75MIN
SERVE: 6

INGREDIENTES:
150ml de claras (ovos com alguns dias)
200g de açúcar branco
2 c.chá de vinagre de vinho branco
2 c.sopa de farinha maizena
2 mangas maduras
2 c.s. de açúcar branco
1 chávena de amêndoas
200ml de natas para bater

PREPARAÇÃO:
Ligue o forno nos 150ºC.
Numa taça coloque as claras de ovo. Bata até obter picos suaves. Junte então o açúcar, o vinagre e a farinha maizena e bata. Para verificar se está no ponto certo, com um dedo apanhe um pouco de clara e esfregue entre o indicador e o polegar. Se sentir o açúcar bata mais um pouco até que esta condição se verifique.
Num tabuleiro com papel vegetal, coloque as claras num círculo e baixe a temperatura para 120ºC. Deixe no forno por 75min.
Quando terminar este período de tempo, desligue o forno e deixe a pavlova lá dentro até arrefecer completamente (se quiser pode deixar durante a noite).
Para o coulis de manga, descasque uma manga e triture com uma varinha mágica. Junte as 2 c.s. de açúcar e leve ao lume durante uns 10 minutos. Desligue e deixe arrefecer.
Quando fôr servir a pavlova, bata as natas. No centro da pavlova coloque as natas, e a outra manga cortada em pedaços. Regue com o coulis e polvilhe com as amêndoas picadas.
Sirva de imediato.

Untitled-5

Untitled-1

Doces Começos!

Hoje trago-vos uma receita de Natal, que embora já vindo um pouco tardia, merece bem a pena ser partilhada. Já tinha tropeçado numa ou noutra receita de rabanadas recheadas, mas sinceramente tinha tanto receio que fossem enjoativas que nunca me tinha atrevido a experimentar. Inicialmente a minha ideia era usar ovos moles no recheio (não fosse eu de Aveiro), mas como o creme de leite é tão igualmente indulgente pareceu-me uma excelente opção.

blog1

E aqui estão elas: tão decandentes, deliciosas e pecaminosas quanto parecem! Ei, nem tudo tem de ser saudável, pois não?! Que melhor maneira de começar 2016?
Feliz Ano Novo a todos!

blog2

TEMPO: 45MIN
SERVE: 4

INGREDIENTES:
1 Pão Cacete (duro)
1 Chávena de chá de leite
2 Ovos
1/2 Lata de Leite Condensado Cozido
2 Chávenas de Óleo vegetal para fritar
2 c.s. de Açúcar branco + 1 c.s. de Canela em Pó para Polvilhar

blog3

PREPARAÇÃO:
Corte o pão em fatias com cerca de 5cm de largura. Com uma faca pequena faça um corte até meio da fatia (como se fosse fazer uma sandes) e com uma colher coloque um pouco do leite condensado cozido no interior.
Recheie todas as fatias e reserve.
Numa taça bata os ovos e misture o leite. Reserve.
Noutra taça coloque o açúcar e a canela e reserve.
Ponha o óleo na frigideira e deixe aquecer.
Passe as fatias de pão na mistura do ovo com o leite e leve a fritar de ambos os lados até ficarem bem douradas.
Ao retirá-las do óleo, deixe escorrer alguns instantes em papel absorvente e em seguida passe na canela e no açúcar.

blog4

blog6

blog7

blog8

Let it snow, let it snow, let it snow!

Com o Natal quase à porta, dou por mim a pensar nas prendas. Só hoje me apercebi que falta quase uma semana, e ainda me faltam comprar algumas coisas (espírito português no seu melhor).
Normalmente não sou muito extravagante nos gastos…acho que o Natal é das e para as crianças e que acima de tudo devem cultivar-se outros valores bem mais importantes e que dão sentido a esse dia: o convívio, a amizade e a paz.

Mas para mim Natal que é Natal tem de ter sempre algumas coisas: a árvore, a lareira, os sonhos, o bacalhau e a chuva! Adooooooro que chova no dia de Ceia! Jamais me imagino a passar o Natal num país tropical. Sonho com o dia em que neve em Aveiro…as árvores, ruas e telhados de manto branco vestidos…dentro das casas a lareira crepitante enquanto as pessoas se reunem à mesa. Uma ilustração perfeita do meu Natal. E vocês? Como é o vosso Natal perfeito?

blog6

Bolo de Limão e Frutos Vermelhos

SERVE: 6
TEMPO PREPARAÇÃO: 45MIN

INGREDIENTES:
5 Ovos
Raspa de 2 Limões
150g Açúcar Branco
200g Manteiga de Vaca
1 colher chá fermento
125g frutos vermelhos (usei congelados)
280g farinha trigo para bolos
Manteiga e farinha de trigo q.b. para preparar a forma

Icing de Limão:
5 c.s. de açúcar em pó
1 c.s. de sumo de limão
blog8

blog2

blog3

blog4

PREPARAÇÃO:
Pré aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma com manteiga e polvilhe com farinha.
Bata os ovos com o açúcar até obter uma mistura fofa e esbranquiçada.
Junte a raspa dos limões e a manteiga derretida e misture.
Adicione a farinha peneirada e o fermento.
Adicione os frutos vermelhos e com uma colher envolva-os na massa sem esmagar.
Coloque o bolo no forno durante 25-35 min ou até o palito sair seco.
Deixe arrefecer antes de desenformar.
Para preparar o icing: Misture o açúcar em pó com o sumo de limão até desfazer os grumos e regue o bolo.

blog7 blog5