noz

Gigli com Ervilhas e Espinafres

O Verão traz coisas ma-ra-vi-lho-sas! A fruta, os legumes, os verdes, as cores vivas, o calor, o sol, o mar, a areia, as férias! Que delícia…

Este ano ainda vou ter esperar um pouco pelas férias mas os fins de semana vão servindo para repôr as baterias.
Se há coisa que adoro são aqueles dias em que não está demasiado quente (não sou muito dada a demasiados calores…). Para mim basta um calção e chinelo, uma sombra e relva. Um parque, uma serra, um jardim.

Enquanto vou sonhando com a moradia (sim porque a vida em apartamento não tem esse tipo de luxos), vou-me contentando com prazeres mais simples e acessíveis como um prato de massa e ervilhas da horta.

Bom apetite!

SERVE: 4
TEMPO: 30 MIN

INGREDIENTES:
2 chávenas de folhas de espinafres (pode usar congelados)
½ chávena de ervilhas (frescas ou congeladas)
2 dentes de alho
1 c.s. de manteiga
1 chávena de queijo curado ralado
1 pacote de natas de culinária
2 c.s. de miolo de noz picado
Sal e pimenta q.b.
1 pacote de Gigli (ou outra massa a gosto)

PREPARAÇÃO:
Coloque uma panela com água temperada com sal ao lume e deixe que levante fervura. Quando ferver junte a massa e deixe cozer durante o tempo recomendado pelo fabricante.
Numa frigideira coloque a manteiga e o alho picado e deixe cozinhar 1 minuto.
Adicione as ervilhas e as folhas de espinafres e cozinhe mais 3 minutos, mexendo de vez em quando.
Tempere com sal e pimenta.
Adicione as natas e o queijo e mexa até envolver. Deixe apurar até que o molho fique com uma textura bem cremosa.
Junte as nozes e reserve.
Escorra a massa e reserve alguma da água da cozedura.
Envolva a massa e o molho e retifique se necessário, juntando alguma da água da cozedura.
Sirva de imediato.

salada de arroz selvagem com requeijão e nozes

Bom, acho que é desta que podemos contar com uns belos dias de primavera! Em Abril, águas mil…mas eu vou-me contentando com os dias compridos e as roupas mais curtas!

O tempo mais quente pede outros alimentos. Primeiro porque o verão está quase aí e o bikini não perdoa os pecados que o inverno cometeu Depois porque apetecem outros sabores. Frutas frescas, saladas, comidas leves, mais frias, mais saudáveis, mais fáceis de preparar. Sumos, batidos, taças com fruta…tudo em modo bem informal e familiar, quer em casa quer num piquenique.

Esta salada glorifica não só o requeijão como uma recente descoberta minha: o arroz selvagem! Estou completamente rendida. O sabor, o aspeto, a textura são viciantes! Fica mesmo bem numa salada como esta! ~
E vocês já experimentaram?

SERVE: 4
TEMPO: 30min

Ingredientes:
1 chávena de arroz selvagem
2 ovos cozidos
1 molho de coentros frescos (a gosto)
Sal e pimenta q.b.
3 c.s. de azeite virgem
1 c.s. de vinagre de vinho tinto
½ chávena de miolo de noz
½ chávena de azeitonas descaroçadas
1 requeijão de alho e ervas

Preparação:
Numa panela coloque o arroz selvagem.
Coloque água suficiente para o cobrir, junte uma pitada de sal e leve a cozer. Conte 15 minutos a partir do momento que começar a ferver. Escorra, passe por água fria e reserve.
Pique os coentros finamente. Reserve.
Numa taça coloque o arroz e junte os coentros. Adicione o miolo das nozes, as azeitonas e o requeijão desfarelado.
Numa taça junte os ingredientes da vinagrete: misture o azeite e o vinagre e tempere com sal e pimenta.
Regue a salada com o molho e misture os ingredientes.
Coloque os ovos cortados em gomes sobre a salada e sirva fresca ou à temperatura ambiente.

salada de queijo fresco, nozes e beterraba assada

Depois de um fim de semana de sol pleno (vamos esquecer o vento frio, ok?) podemos felicitar-nos com a chegada da primavera, certo??
Bom, eu acho que só preciso de uma desculpa para abrir a época das saladas…

Boa semana!

SERVE: 4
TEMPO: 60min

Ingredientes:
Folhas de salada a gosto (alface, canónigos, rúcula, agrião, endívidas, ou o que mais apreciar)
1 queijo fresco (usei de ovelha)
½ chávena de miolo de nozes
1 beterraba
3 c.s.de azeite
Sal e pimenta q.b.
1 c.s. de vinagre balsâmico
1 c.s. de vinagre de vinho tinto
1 c.s. de mel
2 chávenas de óleo vegetal
2 fatias de pão duro

Preparação:
Aqueça o forno nos 180ºC.
Descasque a beterraba e corte-a em pedaços. Coloque-os numa taça. Tempere-os com sal e pimenta, 1 c.s. de azeite e 1 c.s. de vinagre balsâmico. Coloque os pedaços num tabuleiro de forno e asse-os durante 40 minutos. Retire e deixe arrefecer.
Coloque o óleo a aquecer para fritar o pão.
Corte o pão em cubos e frite-o até obter uma cor dourada. Retire e coloque a escorrer em papel absorvente.
Numa travessa disponha as folhas de salada bem lavadas e escorridas.
Junte os pedaços de beterraba e o miolo de noz.
Corte o queijo fresco em cubos e disponha sobre a salada, assim como os croutons.
Tempere com sal, azeite e vinagre de vinho tinto.
Sirva de imediato.

Out with the old, in with the new

Que é o mesmo que dizer, esquecer o que lá vai e lançarmo-nos cheios de força para novos projetos! É assim que quero o meu 2016.
2015 foste um ano incrível. Não que possa dizer que foste um ano plenamente feliz, mas claramente um ano de fechar ciclos. Em Janeiro descobri que estava grávida. Nem queria acreditar. Os exames da faculdade arrastaram-se até Fevereiro, depois novo semestre, e num instante nova época de exames. Quando abri os olhos era Verão e a minha barriga estava a crescer a olhos vistos. Não tive tempo para gozar férias ou fins de semana. Não tive tempo para fazer viagens (que saudades que tenho de viajar)! Os meus tempos livres foram meticulosamente planeados para organizar a casa ou estudar. Não foste um ano fácil. Principalmente grávida, cansada, ansiosa, insegura, etc, etc, etc…
Finalmente em Setembro trouxeste-me a Carlota. Mostraste-me esse amor infinito. Abriste as portas para esta aventura que vai durar a minha vida toda!  O melhor do meu ano. Mostraste-me que além de um grande marido, tenho ao meu lado um grande pai para ela. Um amigo. Num abrir e fechar de olhos chegou o Natal.

2

2016, estou à tua espera! Quero que sejas abundante de sorrisos e farto de amor. Sei que serás feliz. Vou ver a minha filha a aprender a andar, a começar a falar, a comer! Estou ansiosa por lhe dar a provar tanta coisa…espero que seja uma foodie como a mãe! Vai ser o ano das primeiras vezes dela…e minhas: a primeira sopa, o primeiro dia de praia, o primeiro chocolate, o primeiro dia na creche, a primeira noite no seu quarto, o primeiro passo, a primeira gargalhada.
Sei que serás generoso e não esquecerás os meus sonhos, o que tenho trabalhado e investido. Sei que também serás generoso e feliz para os meus, para aqueles que amo e que me rodeiam. E para vocês também! Estes são os meus votos mais sinceros. Até para o ano!


TEMPO: 120min
SERVE: 6

INGREDIENTES:

Massa:
1 Kg de Farinha de Trigo
200 ml Leite Morno
250g de Açúcar
1 pacote de Fermento de Padeiro desidratado
250g de Margarina derretida
2 Ovo + 4 Gemas
2 c.s. rasas de Canela em Pó

5

Recheio:
1 cálice de vinho do Porto
2 Chávenas de frutos secos variados: nozes, sultanas, arandos e amêndoas.
2 c.s. de margarina amolecida
2 c.s. de Açúcar Amarelo
Açúcar em Pó para polvilhar

Derreta a manteiga.
Dissolva o fermento em pó no leite, juntamente com a açúcar.
Batas os ovos e as gemas.
Num alguidar fundo coloque os secos (farinha e canela), e faça uma cova no meio.
No centro despeje os ovos, o leite e a manteiga, assim como os frutos secos.
Vá misturando e quando obtiver uma massa uniforme, coloque sobre uma superfície polvilhada com farinha e amasse durante uns bons 10 minutos. Para facilitar divida a massa em 2 partes. Deixe levedar até duplicar de tamanho.
Decorrido este tempo, estenda a massa numa superfície enfarinhada estenda-a num retângulo.
Numa taça misture os ingredientes do recheio e disponha a pasta obtida no interior do retângulo.
Enrole em forma de torta e corte em 2 partes (no sentido longitudinal, mas deixe uma das extremidades por cortar). Enrole-a as suas partes cortadas uma sobre a outra e feche em círculo.
Transfira para um tabuleiro com papel vegetal e deixe levedar durante uns 30 minutos.
Coloque a coroa em forno pré aquecido a 180ºC durante 40 a 60 minutos (faça o teste do palito).
Polvilhe com açúcar em pó depois de arrefecer.

1

Granola de Alperces e Laranja

Já alguma vez experimentaram fazer granola em casa? Posso garantir-vos que é viciante! Porquê? Bom, primeiro porque podemos combinar os ingredientes que quisermos e segundo porque regulamos a quantidade de açúcar e gordura que adicionamos, obtendo um produto mais saudável do que muitos dos que se compram (eu ainda junto alguma proteína em pó pois ajuda a manter o nível de saciedade).

Come a criança, come o idoso, come a grávida, como o esquisito do marido que nunca gosta de nada! Todos gostam! Com fruta, leite, iogurte, ou simples como um snack! Dura imenso tempo e é tão, mas tão conveniente!

3
TEMPO: 120 min

INGREDIENTES:
350g Flocos de Aveia
80g de Alperces Secos
50g de Miolo de Noz
25g de sementes de Girassol
25g de sementes de sésamo
2 c.s. de óleo de côco
2 c.s de côco ralado
Raspa e sumo de 1 Laranja
3 c.s. de proteína em pó
2 c.s. de açúcar amarelo
2 c.s. de Mel

PREPARAÇÃO:
Pré aqueça o forno a 125ºC.
Num tacho coloque o óleo de côco, o açúcar, o mel,o sumo e a raspa da laranja. Deixe que o óleo derreta e reserve.
Numa taça coloque os restantes ingredientes: os flocos de aveia, os alperces cortados, o miolo de noz e as sementes. Verta os ingredientes líquidos sobre os secos e com uma colher mexa até envolver.
Coloque a granola num tabuleiro forrado com papel vegetal, e leve ao forno, durante cerca de 60-80 minutos, mexendo a cada 20 minutos, e retire quando esta estiver bem dourada.
Deixe arrefecer completamente antes de guardar num frasco.

Esta receita usa produtos My Protein

Bolo de Noz e Maçã

Este ano passou a voar! O Natal está à porta, o Ano Novo logo a seguir e sem darmos conta inicia um novo ano, com todas aquelas promessas habituais: vou fazer dieta, vou fazer mais exercício, vou deixar de fumar, sei lá…
3
A partir de segunda feira finalmente vou conseguir parar um pouco, e ter tempo para comprar as prendas (ainda não gastei um tostão) e pensar na ementa de Natal. Gosto de fazer coisas diferentes todos os anos, embora não dispense alguns clássicos como os sonhos e as rabanadas. E não faço isto só relativamente aos doces, gosto também de variar no prato salgado. Normalmente faço um prato de bacalhau e um outro que costuma fugir à regra do convencional. Este ano os meus sogros pediram paella para o Natal, imaginem só!!! Vai ser uma consoada internacional, olé!
Enfim, o que importa é que as pessoas se reunam em paz, com muito ou pouco, mas com amor no coração.

2

Antes do dia 24 ainda passarei por aqui, mas até lá fica a sugestão deste bolo de noz e maçã. Acho que ainda tenho espaço para um docinho antes do Natal!

SERVE: 6
TEMPO: 50MIN

INGREDIENTES:
3 Maçãs
150g de Manteiga
120g de Noz
200g de Açúcar
200g de Farinha de Trigo
1 c.s. de Fermento
5 Ovos
Açúcar em pó pra polvilhar (opcional)

Ligue o forno a 200ºC.
Pique o miolo de noz grosseiramente e reserve.
Bata a manteiga com o açúcar até ober uma massa esbranquiçada.
Junte os ovos um a um e vá batendo.
Adicione a farinha peneirada e o fermento.
Coloque a massa numa forma untada e polvilhada com farinha.
Descasque 3 maçãs e corte-as em fatias dispondo-as sobre a superfície.
Leve a cozer durante 40 minutos.
Deixe arrefecer antes de desenformar.

4