nata

Gigli com Ervilhas e Espinafres

O Verão traz coisas ma-ra-vi-lho-sas! A fruta, os legumes, os verdes, as cores vivas, o calor, o sol, o mar, a areia, as férias! Que delícia…

Este ano ainda vou ter esperar um pouco pelas férias mas os fins de semana vão servindo para repôr as baterias.
Se há coisa que adoro são aqueles dias em que não está demasiado quente (não sou muito dada a demasiados calores…). Para mim basta um calção e chinelo, uma sombra e relva. Um parque, uma serra, um jardim.

Enquanto vou sonhando com a moradia (sim porque a vida em apartamento não tem esse tipo de luxos), vou-me contentando com prazeres mais simples e acessíveis como um prato de massa e ervilhas da horta.

Bom apetite!

SERVE: 4
TEMPO: 30 MIN

INGREDIENTES:
2 chávenas de folhas de espinafres (pode usar congelados)
½ chávena de ervilhas (frescas ou congeladas)
2 dentes de alho
1 c.s. de manteiga
1 chávena de queijo curado ralado
1 pacote de natas de culinária
2 c.s. de miolo de noz picado
Sal e pimenta q.b.
1 pacote de Gigli (ou outra massa a gosto)

PREPARAÇÃO:
Coloque uma panela com água temperada com sal ao lume e deixe que levante fervura. Quando ferver junte a massa e deixe cozer durante o tempo recomendado pelo fabricante.
Numa frigideira coloque a manteiga e o alho picado e deixe cozinhar 1 minuto.
Adicione as ervilhas e as folhas de espinafres e cozinhe mais 3 minutos, mexendo de vez em quando.
Tempere com sal e pimenta.
Adicione as natas e o queijo e mexa até envolver. Deixe apurar até que o molho fique com uma textura bem cremosa.
Junte as nozes e reserve.
Escorra a massa e reserve alguma da água da cozedura.
Envolva a massa e o molho e retifique se necessário, juntando alguma da água da cozedura.
Sirva de imediato.

Coroa de Choux com Chantilly e Morangos

Há algum tempo que não postava uma sobremesa…altura de me redimir!

Tem um aspeto delicioso, é simples de fazer e vai deixar todos com água na boca! Para um formato mais familiar pode fazer uma coroa grande e depois rechear com as frutas a gosto.

1

SERVE: 4 PESSOAS
TEMPO: 60 min

INGREDIENTES:

para a massa:
75g de Farinha de Trigo
50g de manteiga
2 Ovos
150ml de água

para o recheio:
150ml de natas para bater
3 c.s. de açúcar branco
1/2 c.chá extrato de baunilha
80g de Morangos

Açúcar em pó para decorar (opcional)

Massa:
Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Peneire a farinha.
Num tacho, coloque a manteiga e a água e deixe que a manteiga derreta. Deixe levantar fervura. Retire do lume, coloque a farinha e vá mexendo com uma colher de pau, até que a massa forme uma bola e descole do fundo.
Deixe arrefecer até se seguro juntar os ovos, sem cozerem.
Bata os ovos num prato e vá juntando gradualmente à massa, batendo continuamente, até que esta fique com um aspeto brilhante.
Forre um tabuleiro com papel vegetal, coloque a massa num saco de pasteleiro e disponha em circulos com o tamanho desejado.
Leve ao forno durante 40 minutos.
Quando estiverem prontos, retire-os e deixe arrefecer.

Recheio:
Bata as natas com o açúcar e a baunilha e quando as coroas estiverem frias, corte-as ao meio, disponha os morangos e o chantilly.

Polvilhe com o açúcar em pó.

3

Profiteroles de Caramelo salgado e Chocolate Negro…e as boas vindas

E depois de uma merecida pausa, com Setembro vem o “No Leftovers”. O blogue fez-se site, mudou de nome, lavou a cara e aqui está ele! Com direito a menu de receitas e tudo!
A propósito desta transição, quero pedir desculpas a todas as pessoas que amavelmente tinham colocado comentários nos posts, mas infelizmente não foi possível a sua importação. Além disso, e como o facebook não permite alterar o nome das páginas, os gostos foram todos à vidinha! Encontram a nova página aqui.

O Verão vai dando ares da sua graça, o que ajuda neste mês de regresso às aulas, às rotinas habituais e às tardes outonais. E é com as cores do Outono que estes profiteroles se enfeitam…Foi a terceira vez que os fiz , e acho que da minha parca experiência posso dizer que duas coisas são fundamentais para sairem bem: uma boa massa e o tempo exato de cozedura no forno. Para mim penso até que o segundo ponto é mais difícil de acertar, porque os fornos variam, por isso acho que como em quase tudo a sensibilidade olha por nós.  Nada como dar um toque com o dedo indicador: se estiverem firmes, rock and roll, baby! Se não, esperem mais uns minutos e vão espreitando.

b d

Os recheios e as coberturas também podem variar, mas eu prefiro sempre contrastar os sabores: o caramelo é um pouco doce por isso o chocolate negro faz-lhe boa companhia.
Eu gosto de preparar o caramelo com alguma antecedência porque quando arrefece totalmente adquire uma consistência mais fácil de rechear, mas se não o puderem fazer antes, quando colocarem os profiteroles no forno, façam o caramelo.

e

SERVE: 8 PESSOAS
TEMPO:90min

INGREDIENTES:

para a massa:
150g de Farinha de Trigo
100g de manteiga
4 Ovos
300ml de água

para o recheio:
200ml de natas para bater
1 c.s. de açúcar refinado

para o caramelo:
2 c.s de açúcar amarelo
1 c.chá de sal grosso
2 c.s. de manteiga
100ml de natas

para a ganache de chocolate:
200ml de chocolate negro (usei 70% de cacau)
200ml de natas

Massa:
Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Peneire a farinha.
Num tacho, coloque a manteiga e a água e deixe que a manteiga derreta. Deixe levantar fervura. Retire do lume, coloque a farinha e vá mexendo com uma colher de pau, até que a massa forme uma bola e descole do fundo.
Deixe arrefecer até se seguro juntar os ovos, sem cozerem.
Bata os ovos num prato e vá juntando gradualmente à massa, batendo continuamente, até que esta fique com um aspeto brilhante.
Forre um tabuleiro com papel vegetal, coloque a massa num saco de pasteleiro e disponha pequenas quantidades de massa, com algum espaço entre si. Não se esqueça que os profiteroles crescem um pouco no forno.
No final, molhe o dedo indicado com água fria e toque na pontinha da massa que normalmente tem tendência a queimar (opcional).
Leve ao forno durante 40 minutos.
Quando estiverem prontos, retire-os e deixe arrefecer.

Recheio:
Bata as natas em chantilly e junte 1 c.s. de açúcar refinado.
Com a ajuda de uma faca, faça uma pequena incisão nos profiteroles, de forma a conseguir introduzir o bico do saco de pasteleiro. Encha um saco com o caramelo e vá distribuindo pelos profiteroles. Não encha totalmente pois vai precisar de encher também com o chantilly.
Repita o mesmo processo para o chantilly.

Ganache:
Num tacho coloque água a ferver e sobre esta, mas sem esta em contato direto, coloque uma taça de vidro ou metal. Parta o chocolate em pedaços e coloque-os na taça. Junte as natas e vá espreitando, mexendo ocasionalmente até que todo o chocolate derreta e fique totalmente incorporado com as natas.
Verta sobre os profiteroles na altura de servir.