manteiga

Fritatta picante de queijo e linguiça

E amanhã se comemora mais um Dia da Mulher! Este dia marca uma enorme tragédia, mas infelizmente serve para nos lembrar que merecemos igualdade de direitos a todos os níveis: profissional, social e familiar.

Ser mulher tem muito que se lhe diga. São tantas as virtudes e as responsabilidades que pesam na balança do género. Estamos em 2017 mas ainda agora sinto por vezes que me é cobrado um esforço suplementar em diversas áreas, que aos homens há muito foi dado de bandeja. Principalmente a nível laboral já que me encontro inserida num universo maioritariamente masculino.
Se somos duronas somos umas sacanas…os homens são líderes natos!
Se somos sensíveis, somos umas choronas…os homens são apenas queridos.
Se descuramos o cabelo, as unhas, a roupa, somos desleixadas…os homens são práticos.

Não sou cínica ao ponto de dizer que não sinto essa diferença na pele com regularidade…sinto sim! Cada vez menos me afeta, mas que ela existe, existe! Sobretudo serve para me lembrar, e não mais do que isso, que tenho um enorme orgulho de ser mulher. Feliz 8 de Março!

SERVE: 4
TEMPO: 20min

INGREDIENTES:
1 linquiça
1 ramo de Salsa picada
6 ovos
Sal e pimenta q.b.
1 c.s. de manteiga
½ malagueta picada
1 chávena de chá de queijo curado cortado em pedaços pequenos
½ cebola picada

PREPARAÇÃO:
Ligue o forno nos 200ºC.
Numa frigideira coloque a manteiga a derreter. Junte a linguiça cortada em rodelas e a cebola picada e deixe fritar.
Bata os ovos e tempere-os com sal e pimenta. Reserve.
Adicione a malagueta picada e os ovos. Deixe cozinhar durante uns 5 minutos em lume baixo. Disponha o queijo por cima e a salsa picada.
Leve ao forno durante 10 minutos. Sirva de imediato.

Risotto de Bacon e Castanhas

Na minha memória há poucas lembranças de um inverno tão frio. Tenho uma vaga memória de um dia em que nevou em Aveiro, apenas um! Lembro-me das ervas todas cobertas de um manto generoso de neve. Lembro-me da minha emoção ao ver neve pela primeira vez. Lembro-me do frio e de ficar com as roupas encharcadas durante a brincadeira e de um feio e tosco boneco de neve que rapidamente pereceu, tal como as minhas memórias.
Nunca mais voltou a nevar por aqui.

Mas este frio, que não trouxe neve alguma, é do mais incomodativo que pode haver! Dias de pés frios desde a manhã até ao final do dia. Dias de andar cheia de roupa até às pontas das orelhas e parece que nada aquece. Dias em que só algo bem quente e reconfortante, pode aquecer o corpo e a alma.
Apetecem os risottos, as sopas e os chás.
Os assados,os ensopados, os estufados.
Os pães quentes, as castanhas assadas, as chávenas a escaldar!
As mantas, as meias, os xailes, as luvas e as lareiras.

E enquanto não voltam dias mais calorosos, que tal esta sugestão?
Bom apetite!

SERVE: 6
TEMPO: 30MIN

INGREDIENTES:
½ cebola picada
1 dente de alho picado
1 c.s. de azeite
Sal e pimenta q.b.
2 chávenas de miolo de castanha cozida
1+1 c.s. de manteiga
1 chávena de queijo curado ralado
2 chávena de arroz arborio
1 chávena de bacon cortado em cubinhos
1 ramo de salsa picada
1 copo de vinho branco
500 a 1L de caldo de carne

PREPARAÇÃO:
Num tacho coloque o azeite, a colher de sopa de manteiga e o bacon. Deixe cozinhar alguns minutos. Adicione a cebola e alho picados e deixe refogar 2 minutos.
Enquanto isso aqueça o caldo de carne (ou dissolva um cubo em água) e mantenha-o quente.
Junte o arroz e frite durante 2 minutos.
Junte o vinho branco e deixe evaporar o álcool. Adicione as castanhas.
Cozinhe o arroz durante 13-15 minutos, adicionando conchas de caldo conforme o líquido seque.
Quando o arroz estiver cozinhado, desligue o lume.
Adicione a manteiga, a salsa picada e o queijo curado. Retifique o tempero se necessário e reserve durante 2 minutos antes de servir. Sirva de imediato.

Crumble de Pêssego e Framboesa

Chegado o verão, a fruteira cá de casa fica sempre cheia de pêssegos. Eu adoro-os. As nectarinas, os paraguaios, os maracotão e aqueles cor de rosa perfumados que nunca decepcionam. Esses e os paraguaios enchem-me as medidas! Normalmente gosto de os comer naturais, mas são uma fruta muito versátil para usar em saladas e sobretudo em sobremesas.

Um crumble é sempre a forma ideal para usar aquela fruta que vai ficando esquecida ou mais madura. Nesta receita juntei os pêssegos com as framboesas e ficou uma combinação per-fei-ta! Os pêssegos libertam o seu xarope doce e delicioso e lá pelo meio a espreitar as ácidas framboesas acordam as papilas…autênticas estrelinhas no céu da boca! Já estão a salivar?!

Bom apetite!

5
1 2
SERVE: 4
TEMPO: 40 min

INGREDIENTES:
6 pêssegos
150g de framboesas
açúcar em pó para polvilhar q.b.
3 c.s. Açúcar amarelo
4 c.s.Farinha de Trigo
4 c.s. Manteiga amolecida

PREPARAÇÃO:
Corte os pêssegos em pedaços. Descasque-os se assim preferir;
Disponha-os num recipiente de forno e disponha também as framboesas. Se os pêssegos forem bastante doces não será necessário juntar açúcar à fruta. Caso contrário, adicione uma ou 2 c.s. de açúcar;
Numa taça junte a farinha, o açúcar e a manteiga amolecida. Amasse os ingredientes desfarelando com os dedos até obter uma massa com aspeto de areia molhada;
Disponha a massa sobre a fruta e leve ao forno durante 35 minutos ou até que a crosta fique dourada;
Retire e deixe repousar uns 15 minutos antes de servir.Polvilhe com açúcar em pó e acompanhe comnatas batidas.

3 4 6

Let it snow, let it snow, let it snow!

Com o Natal quase à porta, dou por mim a pensar nas prendas. Só hoje me apercebi que falta quase uma semana, e ainda me faltam comprar algumas coisas (espírito português no seu melhor).
Normalmente não sou muito extravagante nos gastos…acho que o Natal é das e para as crianças e que acima de tudo devem cultivar-se outros valores bem mais importantes e que dão sentido a esse dia: o convívio, a amizade e a paz.

Mas para mim Natal que é Natal tem de ter sempre algumas coisas: a árvore, a lareira, os sonhos, o bacalhau e a chuva! Adooooooro que chova no dia de Ceia! Jamais me imagino a passar o Natal num país tropical. Sonho com o dia em que neve em Aveiro…as árvores, ruas e telhados de manto branco vestidos…dentro das casas a lareira crepitante enquanto as pessoas se reunem à mesa. Uma ilustração perfeita do meu Natal. E vocês? Como é o vosso Natal perfeito?

blog6

Bolo de Limão e Frutos Vermelhos

SERVE: 6
TEMPO PREPARAÇÃO: 45MIN

INGREDIENTES:
5 Ovos
Raspa de 2 Limões
150g Açúcar Branco
200g Manteiga de Vaca
1 colher chá fermento
125g frutos vermelhos (usei congelados)
280g farinha trigo para bolos
Manteiga e farinha de trigo q.b. para preparar a forma

Icing de Limão:
5 c.s. de açúcar em pó
1 c.s. de sumo de limão
blog8

blog2

blog3

blog4

PREPARAÇÃO:
Pré aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma com manteiga e polvilhe com farinha.
Bata os ovos com o açúcar até obter uma mistura fofa e esbranquiçada.
Junte a raspa dos limões e a manteiga derretida e misture.
Adicione a farinha peneirada e o fermento.
Adicione os frutos vermelhos e com uma colher envolva-os na massa sem esmagar.
Coloque o bolo no forno durante 25-35 min ou até o palito sair seco.
Deixe arrefecer antes de desenformar.
Para preparar o icing: Misture o açúcar em pó com o sumo de limão até desfazer os grumos e regue o bolo.

blog7 blog5

Sem pressas

As nossas vidas são cheias de regras. Tudo tem de ser regido por um código e por aquele maldito relógio que teima em não parar. As regras são necessárias, ou caso contrário reinaria o caos e a anarquia, mas também precisamos de tempo para respirar, para contemplar, para escutar o silêncio. Nem sempre conseguimos…as nossas rotinas diárias são preenchidas até ao mais pequenino segundo…hora de acordar, de sair de casa, de encontrar aquela pessoa, de comer, de trabalhar, de regressar a casa, de preparar o jantar, o banho dos miúdos, de dormir…tantos e tantos horários. E quando olhamos em volta apercebemo-nos que na nossa ânsia de agarrar o tempo, este nos escapou tão facilmente pelos dedos, tal como areia da praia.

Hoje é dia de parar…de aproveitar o momento. De beijar o nosso marido como se fosse a primeira vez, de abraçar os nossos filhos como se tivessem acabado de nascer, de olhar o Outono a acamar lentamente à nossa volta…ou de comer uma simples fatia de bolo, sem pressas. Bom fim de semana!


SERVE: 6 pessoas
TEMPO CONFEÇÃO: 120MIN

INGREDIENTES:
Curd de Laranja:
200g Açúcar
6 Ovos
150ml de Sumo Laranja
Raspa de 2 Laranjas
100g de manteiga de vaca Téte

Bolo:
2 c.s. de açúcar em pó
8 c.s. de curd de laranja
100g de açúcar branco
100g de manteiga amolecida
150g de farinha para bolos
2 ovos
Raspa de 1 laranja
1 c.chá fermento em pó

blog4

PREPARAÇÃO:

Curd de Laranja:
Coloque uma panela com água ao lume até que esta comece a ferver.
Numa taça bata os ovos com o açúcar. Junte o sumo e a raspa das laranjas.
Coloque a taça sobre a panela de água quente (sem contacto direto) e mexa a mistura até engrossar (uns 10-15 minutos). Retire do lume e junte a manteiga. Mexa até que esta derreta por completo, coloque o curd numa travessa com película aderente por cima para não ganhar película e reserve no frigorífico.

Bolo:
Aqueça o forno a 170º.
Unte uma forma com manteiga e polvilhe com o açúcar em pó.
Bata o curd com o açúcar, a raspa da laranja e a manteiga amolecida.
Junte a farinha e o fermento peneirados e coloque a massa numa forma.
Leve ao forno durante 35-40 minutos.
Retire-o, deixe arrefecer e desenforme.

blog3

Frango Assado com Manteiga de Especiarias

Da primeira vez que experimentei este tipo de técnica (aqui), fiquei tão surpreendida com o resultado que resolvi fazer outra vez. Só que agora em vez de ervas, usei especiarias.

Na verdade acho que a manteiga funciona como condutor de todos os sabores que quisermos usar, e o resultado mais uma vez foi perfeito: Frango assado com uma pele estaladiça deliciosa e todo aquele oceano de especiarias infundido carne adentro.

2´

SERVE: 4
TEMPO: 90 MIN

INGREDIENTES:
1 Frango (usei caseiro, de aproximadamente 1,5kg)
2 c.s. de manteiga
sal q.b.
1 malagueta seca
1 colher de café de cada especiaria: açafrão, caril, pimentão doce, canela e gengibre moído
1 dente de alho bem picado1
1/2 laranja
2 c.s. de azeite

Ligue o forno a 190ºC.
Numa taça coloque a manteiga amolecida, junte as especiarias, o sal, a malagueta picada e o alho picado. Misture até obter uma pasta uniforme.
Coloque o frango num tabuleiro e insira os dedos cuidadosamente entre a pele a a carne, arranjando espaço para a manteiga. Coloque pequenas porções debaixo da pele, tentando que esta não rasgue.
Dentro da cavidade do frango coloque a laranja.
Regue o frango com o azeite e um pouco de sal e massage para espalhar a gordura uniformemente.
Leve o tabuleiro ao forno e asse o frango durante 60-80 min (dependendo do seu tamanho). Durante esta fase, vá regando-o com o molho que vai sendo formado no fundo do tabuleiro.
Quando estiver pronto, desligue o forno e deixe repousar durante 15 minutos.
Sirva com arroz branco ou legumes assados.