maçã

Salada de Rúcula e Beterraba com Queijo Fresco

Uma das preocupações que tenho na alimentação cá de casa, são as porções diárias de legumes/frutas. Uns dizem que têm de ser 7, outros já falam em 9. Independentemente disso eu opto por incorporar em qualquer prato um legume ou hortaliça que não só saiba bem, mas faça bem.
Muitas das vezes e no corre-corre do dia-a-dia não consigo fazer melhor e acabo por complementar com uma sopa ao jantar, e como quase sempre salada com tudo. Nem que seja uma bem simples como cenoura ralada ou apenas alface e tomate. Estou de tal maneira habituada que já não me vejo a comer sem os meus “verdes” e acho que o hábito já passou para o marido também.
Outras vezes a própria salada é a estrela da refeição, apenas complementada com uma proteína: ovo, queijo, atum ou carne.
O que eu gosto particularmente nesta são as beterrabas assadas (ótimas para o sistema imunitário e para o sangue), que dão aquele toque doce e delicioso à salada e que contrastam lindamente com o queijo.

Bom apetite!
1

4

SERVE: 2
TEMPO: 45MIN

INGREDIENTES:
1 Beterraba
1 c.s. de Azeite
Sal e Pimenta q.b.
2 c.s. de Mel
1 Maçã verde
1 ramo de tomilho (opcional)
1 molho de Rúcula
1 Queijo Fresco Light
Sumo de 1/2 Limão
2 c.s. de miolo de Amêndoa picadas

PREPARAÇÃO:
Pré aqueça o forno a 180ºC.
Descasque a beterraba. Corte em pedaços e coloque-os num prato de forno. Regue com o azeite, tempere com sal e pimenta, adicione o mel e o tomilho e misture. Junte 1 c.s. de água e leve a assar durante 25 min. Reserve.
Num prato disponha o queijo cortado em rodelas, no centro coloque a rúcula. Adicione os pedaços de beterraba e o miolo de amêndoa picado. Junte a maçã cortada em tiras.
Para fazer o molho da salada, misture o líquido que sobrou de assar as beterrabas com o sumo de limão e regue a salada.
Sirva de imediato.

3

2

DSC_0030

Galette de Maçã e Mirtilo

Aveiro é uma cidade maravilhosa. É verdade que a maioria das pessoas conhece-a pelos ovos moles, mas também tem outros encantos menos óbvios: temos a Ria de Aveiro e as praias de areal branco e extenso. Temos peixe e marisco fresco e fantástico, temos também uma das melhores universidades do país e da Europa. Estamos a uma passo do Norte e do Centro…literalmente com um pé na serra e outro no mar.
Mas apesar de tudo isto, se há coisa que eu detesto é que Agosto por cá, é sinónimo de vento de manhã até ao fim do dia. Não sei bem porquê…desde que me lembro dos Verões, que o vento era uma constante que estragava qualquer dia de praia. Por isso cada vez mais tenho optado por ir pela manhã, enquanto o vento se faz notar um pouco menos. Nem que seja para andar pelo areal, já que o estar deitada de barriga ao ar é algo que não me é permitido há vários meses.

Acho que com o passar dos anos passamos a valorizar coisas diferentes. Quando era miúda passava a tarde na praia, a estorricar ao sol, tomava banho de mar com a água gelada e nunca me queixava…Verão que era Verão era assim. Hoje já tenho gostos mais exigentes (digamos assim) e sinceramente já não tenho paciência para estar a torrar no areal feita lagartixa…debaixo do guarda sol e com leitura ainda aguento um par de horas…mais que isso não consigo!

4

Por isso estas férias, e já com um barrigão de quase 8 meses, têm sido passadas a preparar as coisas da Carlota, ou a ver filmes e séries. Nalguns dias gosto de ir a praia (mas só por um bocado), mas na maioria das vezes entretenho-me com cozinhados descomplicados e bem à época: como esta galette! Rápida de preparar, vai ao forno e já está! Sucesso garantido!

SERVE: 6
TEMPO: 45min

Massa:
50g Açúcar
100g Manteiga Amolecida
2 Ovos Batida
200g de Farinha
1 Pitada de Sal
Manteiga para Untar

Recheio:
100g de Mirtilos
1 Maçãs cortadas em fatias
2 c.s. de Açúcar Amarelo

Açúcar em pó para polvilhar

Bata o açúcar e a manteiga amolecida numa taça e junte o ovo, a farinha e o sal. Forme uma bola, embrulhe em película aderente e reserve no frigorífico durante 30 minutos.
Pré-aqueça o forno a 175º.
Estenda a massa num círculo e coloque-a sobre uma folha de papel vegetal num tabuleiro.
Disponha a fruta no centro do círculo, polvilhe-a com açúcar amarelo e leve ao forno durante 25 a 30 minutos até que a massa fique bem dourada.
Retire do forno, deixe arrefecer durante 10 minutos e polvilhe com a açúcar em pó. Pode servir de imediato.

3

Bolo de Noz e Maçã

Este ano passou a voar! O Natal está à porta, o Ano Novo logo a seguir e sem darmos conta inicia um novo ano, com todas aquelas promessas habituais: vou fazer dieta, vou fazer mais exercício, vou deixar de fumar, sei lá…
3
A partir de segunda feira finalmente vou conseguir parar um pouco, e ter tempo para comprar as prendas (ainda não gastei um tostão) e pensar na ementa de Natal. Gosto de fazer coisas diferentes todos os anos, embora não dispense alguns clássicos como os sonhos e as rabanadas. E não faço isto só relativamente aos doces, gosto também de variar no prato salgado. Normalmente faço um prato de bacalhau e um outro que costuma fugir à regra do convencional. Este ano os meus sogros pediram paella para o Natal, imaginem só!!! Vai ser uma consoada internacional, olé!
Enfim, o que importa é que as pessoas se reunam em paz, com muito ou pouco, mas com amor no coração.

2

Antes do dia 24 ainda passarei por aqui, mas até lá fica a sugestão deste bolo de noz e maçã. Acho que ainda tenho espaço para um docinho antes do Natal!

SERVE: 6
TEMPO: 50MIN

INGREDIENTES:
3 Maçãs
150g de Manteiga
120g de Noz
200g de Açúcar
200g de Farinha de Trigo
1 c.s. de Fermento
5 Ovos
Açúcar em pó pra polvilhar (opcional)

Ligue o forno a 200ºC.
Pique o miolo de noz grosseiramente e reserve.
Bata a manteiga com o açúcar até ober uma massa esbranquiçada.
Junte os ovos um a um e vá batendo.
Adicione a farinha peneirada e o fermento.
Coloque a massa numa forma untada e polvilhada com farinha.
Descasque 3 maçãs e corte-as em fatias dispondo-as sobre a superfície.
Leve a cozer durante 40 minutos.
Deixe arrefecer antes de desenformar.

4

Gelado de Maçã Verde…remanescências do Verão

Bom, parece que se começa a tornar oficial que o Outono está a aproximar-se…mas isto digo eu que vivo no litoral, onde os Verões são sempre frescos, ventosos e com manhãs de nevoeiro. Mas acho que verdadeiramente nos nossos corações ainda estamos à espera do Verão que nunca veio…acham que ainda têm espaço para mais um gelado? Eu acho que sim.

3

Sabem o que gostei mas nesta receita? A sua simplicidade. É feita com todas aquelas coisas que temos por casa…e resulta num gelado cremoso, pouco calórico e com imensa fruta disfarçada! Ideal para a criançada, e livre de sentimentos de culpa. E em jeito de celebração, e como hoje é o meu aniversário, em vez de um bolo cheio de velas a relembrar a passagem dos anos, acho que me vou ficar por este gelado…não me faz sentir tão velha.

b

Receita adaptada daqui.
SERVE: 8
TEMPO:60 min

INGREDIENTES:
150ml de Leite meio gordo
125 de Açúcar
200ml de Natas
450g de Maçãs Verdes

Num tacho coloque o leite, o açúcar e as natas.
Lave, descasque a rale as maçãs e junte-as ao tacho.
Deixe aquece, mas quando começar a levantar fervura desligue.
Reserve durante 15 minutos.
Triture muito bem, deixe arrefecer a mistura e depois coloque-a numa taça que possa ir ao frio.
Se quiser não tem necessariamente de bater este gelado com a máquina. Pode deixar congelar até estar pronto a servir e fica bem cremoso.
Se optar por usar máquina de gelados, siga as instruções do fabricante.

IMG_2623blg

Bolo de Baunilha com Crosta de Maçã Verde

Mais um ano que passou. Ficámos mais velhos, conhecemos novas pessoas, errámos, sonhámos muito, realizámos projetos, viajámos, experimentámos coisas novas. Com o novo ano, vêm novas resoluções, que muitas das vezes não passam de palavras, ou de ações que brevemente se tornam efémeras.
Eu preciso mesmo de pôr em prática as minhas resoluções: fazer mais exercício (nem sempre consigo por falta de tempo, preguiça, e por causa do frio…), tentar ser menos anciosa, falar mais baixo (às vezes dou por mim a falar um bocado acima dos normais decibeís…), cortar o cabelo (este ainda não está completamente definido) E melhorar as minhas aptidões fotográficas.
Claro que nada disto tem a ver como o bolo de maçã, mas acho importante definirmos para nós próprios metas e objetivos. Mesmo que falhem, mesmo que se mostrem infrutíferos, são nossos. É a nossa capacidade de sonhar. E isso temos de ter toda a vida. Sejam felizes e tenham um excelente 2014!!

TEMPO:30 MIN
SERVE: 6

3 teINGREDIENTES:
3 Maçãs
170g de Manteiga
200g de Açúcar
200g de Farinha de Trigo
1 c.s. de Fermento
1 colher de chá de extrato de bauniha
5 Ovos

Ligue o forno a 200ºC.
Bata a manteiga com o açúcar até ober uma massa esbranquiçada.
Junte os ovos um a um e vá batendo.
Acrescente o extrato de baunilha e adicione a farinha peneirada e o fermento.
Coloque a massa numa forma untada e polvilhada com farinha.
Descasque 3 maçãs e corte-as em círculos.
Coloque as fatias por cima e leve a cozer durante 40 minutos.
Deixe arrefecer antes de desenformar.