limão

Queen Victoria Sponge com Lemon Curd e Morangos

Esta semana muitas pessoas já estão de férias…eu também: yupiiii! Felizmente o tempo está ótimo, por isso fazer planos é mais fácil.
Queria fazer este bolo há já algum tempo, mas apesar de não ser dífícil é um pouco moroso, logo hoje foi o dia ideal! Originalmente tanto a massa como o curd levam mais açúcar, mas eu gosto de roubar um pouco, para não ficar tão enjoativo.

A receita original deste queen victoria é recheada apenas com doce de framboesa, mas é fácil evoluir para o chantilly, creme de pasteleiro ou o meu caso o curd de limão. Quem nunca experimentou fazer curd, não sabe o que perde. Pode usar em recheios, panquecas, crepes, com fruta, ou em gelados. E além disso dura umas 2 semanas no frigorífico.

Com a promessa de dias doces, desejo-vos uma excelente semana!

5 1

SERVE: 12 PORÇÕES
INGREDIENTES:
massa (dois bolos):
500g de Manteiga
500g de farinha de Trigo
8 Ovos
400g de Açúcar
2 c.chá de ferment em pó
Raspa de 1 Laranjas
Manteiga e farinha extra para untar e polvilhar as formas

lemon curd:
200g de Açúcar
6 ovos
150ml de sumo de Limão
Raspa de 2 Limões
100g de manteiga

2 c.s. de doce de framboesa
100g de Morangos
Açúcar em pó

Comece por preparar os bolos.
Esta quantidade de massa serve para 2 formas de 30cm de diâmetro.
As forma devem ter o fundo forrado com papel vegetal, e as laterais untadas com manteiga e polvilhadas com farinha.
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Bata o açúcar com a manteiga derretida até obter um creme esbranquiçado e fofo.
Junte os ovos uma um, batendo entre cada ovo.
Adicione a farinha peneirada, o fermento em pó, e a raspa da laranja e envolva com uma espátula.
Divida a massa pelas duas formas.
Coloque-as no forno durante 30 a 40 minutos, ou até o palito sair limpo.
Deixe arrefecer uns 5 minutos antes de desenformar.
Reserve.
Para preparar o curd, comece por bater os ovos com o açúcar. Não necessita de bater com máquina, pode fazer manualmente com um fouet.
Junte o sumo do limão e misture.
Coloque uma panela com água e deixe levantar fervura.
Coloque o preparado numa taça metálica sobre a água a ferver, mas sem contato direto.
Vá mexendo a mistura até começar a engrossar (uns 10 minutos ou até aos 71ºC).
Retire do lume, junte a raspa do limão e a manteiga e misture até a manteiga ficar completamente incorporada.
Coloque uma folha de película aderente sobre o curd, em contato direto com a sua superfície para evitar que ganhe uma membrana
Voltando ao bolo…
Corte a base inferior, de forma a remover o alto central que normalmente cresce o forno.
Espalhe o doce de framboesa, disponha os morangos cortados em pedaços grandes e cubra com o curd.
Coloque a outra metade sobre esta. Pode optar por não remover o alto central nesta metade.
Cubra com o restante curd e disponha os morangos a gosto.
Polvilhe com açúcar em pó.

Robalo em Papelote com Gengibre e Limão

Finalmente uma tarde de sol. Não que estivesse calor, mas o fato de poder sair sem a preocupação eminente de ser apanhado desprevenido por uma arraial de chuva, é um sentimento reconfortante de que já tinha saudades.
Aproveitámos a tarde de sábado para visitar alguns sítios que não via há mais de dez anos. Alguns permanecem exatamente iguais…outros surpreendentemente melhoraram. Murtosa, Torreira e São Jacinto são localidades pertencentes a Aveiro, e embora estejam tão perto desta cidade, de tal forma que até a vista alcança, por ausência de uma ponte há muitos anos desejada, acabam separadas por uma viagem de 45 minutos. Sempre muito ligadas às coisas do mar, são um misto de atrações turísticas no Verão e residência habitual de bastantes famílias ainda ligadas à pesca, ou ao serviço militar, dada a proximidade da base. Um bom passeio…
E com o cheiro a mar ainda no coração, e a promessa de dias de sol que se avizinham, o almoço foi bem ao sabor do Verão. E das coisas boas. Um papelote de robalo. Apenas peixe fresco, alguns sabores e muito amor. Para matar as saudades do Verão.

4 2

SERVE: 2 PESSOAS

INGREDIENTES:
2 Robalos (aprox. 300g cada)
1 Ramo de Tomilho Fresco
1 Limão
Sal e Pimenta q.b.
1 Talo de Gengibre

Comece por fazer alguns golpes longitudinais do peixe, conforme se vê na foto.
Insira umas meias luas de limão nesses golpes.
Recheie a barriga do peixe com o restante limão, o gengibre cortado em pedaços e o tomilho.
Tempere os peixes com sal e pimenta de ambos os lados.
Corte aproximadamente 60 cm de papel vegetal.
Coloque um peixe por folha.
Faça um embrulho de forma a que o vapor criado na cozedura não escape.
Leve a assar em forno prá-aquecido a 180ºC durante 15 minutos.
Este tempo varia consoante o tamanho do peixe, por isso verifique sempre antes de retirar.
Sirva o peixe com legumes cozidos.

Tarte de Limão

2 1

TEMPO: 45 min
SERVE: 6

INGREDIENTES (para uma base de 30 cm de diâmetro):
1 Base de Massa Folhada
4 Ovos
200g de Açúcar
300 ml de Natas
100g de farinha de trigo
Raspa e sumo de 4 Limões

Numa tigela bata os ovos com o açúcar até obter uma mistura esbranquiçada e fofa. Junte as natas, o sumo e raspa dos limões e adicione a farinha peneirada.
Misture até ober uma massa homogénea.
Coloque sobre a base e leve a cozer em forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 35 minutos.
Se inchar no meio, não se preocupe, quando arrefecer vai ficar direita.
Deixe arrefecer antes de desenformar e sirva com açúcar polvilhado.