leite

Queijadas de Laranja e Queijo Fresco

Ainda ontem estávamos de pés na areia em pleno verão e quase, quase que é Natal. Não há loja que já não esteja devidamente engalanada para a época. E de manhã nas bermas já sê aquela geada branquinha tão típica da estação. As árvores despem-se e os casacos vestem-se.

Por aqui ainda não se vêem enfeites natalícios, mas à mesa sentam-se sabores mais quentes e reconfortantes. Sabem bem os estufados, as sopas grossas, as massas encorpadas e os assados robustos. Cada sabor tem um lugar e uma estação. Na fruteira já se sentam os dióspiros, as romãs, as castanhas, as primeiras laranjas e clementinas.

Dezembro trará consigo os brócolos, legume que tanto me conforta a barriga e a alma. E lá para 24 as filhoses, sonhos e rabanadas alinham-se à mesa, estreando o cortejo tão aguardado que reúne toda a família em redor dos sabores do coração. Mal posso esperar!

1

SERVE: 6
TEMPO: 1H

INGREDIENTES:
200g de Queijo fresco
400ml de Leite
40g de Manteiga amolecida
350g de Açúcar
Raspa de 2 laranjas
75g de Farinha de trigo
5 ovos
1 Pau de Canela
Margarina para untar

PREPARAÇÃO:
Ligue o forno a 180ºC e unte forminhas de queijada com margarina. Reserve.
Num tacho aqueça o leite, o pau de canela, a raspa das laranjas, a manteiga e o açúcar. Quando começar a ferver deixe repousar e infundir o sabor da laranja por 10 minutos.
Num recipiente bata o queijo fresco com os ovos até obter uma mistura uniforme. Junte a farinha e o leite e misture novamente. Verta o preparado nas forminhas e leve ao forno durante 25 a 30 minutos (ou até que as queijadas fiquem firmes douradinhas por cima).
Retire e deixe-as arrefecer para depois desenformar.

dsc_0139

dsc_0146

dsc_0148

dsc_0149

dsc_0170

dsc_0171

dsc_0177

Doces Começos!

Hoje trago-vos uma receita de Natal, que embora já vindo um pouco tardia, merece bem a pena ser partilhada. Já tinha tropeçado numa ou noutra receita de rabanadas recheadas, mas sinceramente tinha tanto receio que fossem enjoativas que nunca me tinha atrevido a experimentar. Inicialmente a minha ideia era usar ovos moles no recheio (não fosse eu de Aveiro), mas como o creme de leite é tão igualmente indulgente pareceu-me uma excelente opção.

blog1

E aqui estão elas: tão decandentes, deliciosas e pecaminosas quanto parecem! Ei, nem tudo tem de ser saudável, pois não?! Que melhor maneira de começar 2016?
Feliz Ano Novo a todos!

blog2

TEMPO: 45MIN
SERVE: 4

INGREDIENTES:
1 Pão Cacete (duro)
1 Chávena de chá de leite
2 Ovos
1/2 Lata de Leite Condensado Cozido
2 Chávenas de Óleo vegetal para fritar
2 c.s. de Açúcar branco + 1 c.s. de Canela em Pó para Polvilhar

blog3

PREPARAÇÃO:
Corte o pão em fatias com cerca de 5cm de largura. Com uma faca pequena faça um corte até meio da fatia (como se fosse fazer uma sandes) e com uma colher coloque um pouco do leite condensado cozido no interior.
Recheie todas as fatias e reserve.
Numa taça bata os ovos e misture o leite. Reserve.
Noutra taça coloque o açúcar e a canela e reserve.
Ponha o óleo na frigideira e deixe aquecer.
Passe as fatias de pão na mistura do ovo com o leite e leve a fritar de ambos os lados até ficarem bem douradas.
Ao retirá-las do óleo, deixe escorrer alguns instantes em papel absorvente e em seguida passe na canela e no açúcar.

blog4

blog6

blog7

blog8

Gelado de Maçã Verde…remanescências do Verão

Bom, parece que se começa a tornar oficial que o Outono está a aproximar-se…mas isto digo eu que vivo no litoral, onde os Verões são sempre frescos, ventosos e com manhãs de nevoeiro. Mas acho que verdadeiramente nos nossos corações ainda estamos à espera do Verão que nunca veio…acham que ainda têm espaço para mais um gelado? Eu acho que sim.

3

Sabem o que gostei mas nesta receita? A sua simplicidade. É feita com todas aquelas coisas que temos por casa…e resulta num gelado cremoso, pouco calórico e com imensa fruta disfarçada! Ideal para a criançada, e livre de sentimentos de culpa. E em jeito de celebração, e como hoje é o meu aniversário, em vez de um bolo cheio de velas a relembrar a passagem dos anos, acho que me vou ficar por este gelado…não me faz sentir tão velha.

b

Receita adaptada daqui.
SERVE: 8
TEMPO:60 min

INGREDIENTES:
150ml de Leite meio gordo
125 de Açúcar
200ml de Natas
450g de Maçãs Verdes

Num tacho coloque o leite, o açúcar e as natas.
Lave, descasque a rale as maçãs e junte-as ao tacho.
Deixe aquece, mas quando começar a levantar fervura desligue.
Reserve durante 15 minutos.
Triture muito bem, deixe arrefecer a mistura e depois coloque-a numa taça que possa ir ao frio.
Se quiser não tem necessariamente de bater este gelado com a máquina. Pode deixar congelar até estar pronto a servir e fica bem cremoso.
Se optar por usar máquina de gelados, siga as instruções do fabricante.

IMG_2623blg

Pudim Flan

O pudim mais básico do mundo: ovos, leite, açúcar e baunilha! Não falha!!

1 2

TEMPO: 80 min
SERVE: 4

INGREDIENTES:
4 Ovos
1 Vagem de Baunilha
350 ml de Leite
5 c.s. de Açúcar Branco
Caramelo Líquido

Numa panela coloque o leite e a vagem de baunilha. deixe aquecer (não ferver).
Numa taça bata os ovos e o açúcar com uma vara de arames.
Junte o leite aos ovos, mexa e coloque a mistura numa forma com caramelo.
Coloque a cozer em forno pré-aquecido (180ºC) em banho-maria, durante 60 min.
Deixe arrefecer completamente antes de desenformar.

Queijadas

Queijadas são sempre ótimas…eu como-as quentes ou frias, com ou sem canela! E mal saem da forma há sempre uma mão que aparece que roubar uma aqui e outra ali…só mais uma!
A verdade é que são tão fáceis de fazer e deliciosas que não custa ter esta recita sempre à mão para um daqueles dias em que nos apetece algo doce.

1

SERVE: 12 QUEIJADAS
TEMPO: 30 MIN

INGREDIENTES:
1/2 L de Leite
50g de Manteiga
2 Ovos Inteiros
1 c.café de Canela em Pó
200g de Açúcar
100g de Farinha de Trigo

Aqueça o leite com a manteiga, só até esta derreter.
Coloque todos os ingredientes na liquidificadora e misture.
Coloque em forminhas (eu usei de silicone) e leve a forno pré-aquecido (170ºC) durante 20 a 25 minutos dependendo do tamanho das forminhas. Devem ficar com a superfície dourada.
Deixe arrefecer, desenforme e sirva com ou sem canela.