ervilha

Gigli com Ervilhas e Espinafres

O Verão traz coisas ma-ra-vi-lho-sas! A fruta, os legumes, os verdes, as cores vivas, o calor, o sol, o mar, a areia, as férias! Que delícia…

Este ano ainda vou ter esperar um pouco pelas férias mas os fins de semana vão servindo para repôr as baterias.
Se há coisa que adoro são aqueles dias em que não está demasiado quente (não sou muito dada a demasiados calores…). Para mim basta um calção e chinelo, uma sombra e relva. Um parque, uma serra, um jardim.

Enquanto vou sonhando com a moradia (sim porque a vida em apartamento não tem esse tipo de luxos), vou-me contentando com prazeres mais simples e acessíveis como um prato de massa e ervilhas da horta.

Bom apetite!

SERVE: 4
TEMPO: 30 MIN

INGREDIENTES:
2 chávenas de folhas de espinafres (pode usar congelados)
½ chávena de ervilhas (frescas ou congeladas)
2 dentes de alho
1 c.s. de manteiga
1 chávena de queijo curado ralado
1 pacote de natas de culinária
2 c.s. de miolo de noz picado
Sal e pimenta q.b.
1 pacote de Gigli (ou outra massa a gosto)

PREPARAÇÃO:
Coloque uma panela com água temperada com sal ao lume e deixe que levante fervura. Quando ferver junte a massa e deixe cozer durante o tempo recomendado pelo fabricante.
Numa frigideira coloque a manteiga e o alho picado e deixe cozinhar 1 minuto.
Adicione as ervilhas e as folhas de espinafres e cozinhe mais 3 minutos, mexendo de vez em quando.
Tempere com sal e pimenta.
Adicione as natas e o queijo e mexa até envolver. Deixe apurar até que o molho fique com uma textura bem cremosa.
Junte as nozes e reserve.
Escorra a massa e reserve alguma da água da cozedura.
Envolva a massa e o molho e retifique se necessário, juntando alguma da água da cozedura.
Sirva de imediato.

Vamos ao chinês?

Eu adoro comida chinesa! Adoro os salteados, adoro o crepe de legumes que servem de entrada, adoro os noodles, adoro a galinha com amêndoas e os salteados com alho que vêm naquela chapa quente!
Tirando alguns ingredientes específicos (molho de peixe e molho de soja) todos os outros ingredientes desta receita são usados num sem número de receitas de outras cozinhas sem ser a chinesa. A grande diferença está na forma como são preparados.
Se não tiver um wok tem mesmo de comprar, porque é daqueles utensílios muito práticos, e não servem só para comida chinesa. É a ferramenta ideal para fazer os fritos no Natal, por exemplo.

4 3
Quando era adolescente, os primeiros restaurantes chineses abriram aqui em Aveiro, por isso sempre que algum amigo fazia anos, 99% das vezes, o jantar era no chinês. Era novidade…Felizmente as coisas mudaram desde então e agora encontramos muito mais variedades de restaurantes. Mesmo assim, continuo a a adorar ir ao chinês, embora ache que a ementa foi demasiado adaptada ao gosto ocidental, e qualquer restaurante chinês tem praticamente os mesmo pratos (pelo menos aqui em Aveiro).

SERVE: 4
TEMPO:50 min

INGREDIENTES:
camarão ao alho:
400g de camarão
2 c.s. de óleo vegetal
1/2 malagueta
1 c.s. de molho de peixe
2 dentes de alho picados
sumo de 1 lima
sal q.b.

arroz frito:
1 chávena de arroz (usei vaporizado)
1/2 chávena de ervilhas congeladas
2 fatias de fiambre
1 ovo
1 c.s. de molho de soja
1 c.s. de óleo vegetal

legumes com molho agridoce:
1/2 courgete
1 cebola
1 cenoura
1/2 embalagem de cogumelos brancos
1 pimento (eu usei laranja, mas pode usar outro)
1 c.chá de farinha maizena
1 c.chá molho de peixe
1 c.s. de açúcar branco
4 c.s. de vinagre de vinho branco
2 c.s. de ketchup
1/2 chávena de água
2 c.s. de molho de soja

camarões ao alho:
Retire as cabeças e as cascas aos camarões e reserve. Pique os dentes de alho e reserve também.
Aqueça o wok (ou uma frigideira) e coloque o óleo. Junte os camarões, o alho e a malagueta picada e vá mexendo até estarem totalmente opacos e com uma cor laranja. Retire, tempere com o molho de peixe e o sumo da lima, mexa e está pronto a servir.

arroz frito:
Coloque uma panela ao lume, com água e sal. Quando começar a ferver, junte o arroz e as ervilhas e deixe cozinhar até o arroz estar quase cozido, mas ainda um pouqinho cru. Escorra a água e reserve.
Aqueça um wok ou figideira, junte o óleo e o ovo. Mexa o ovo para que se desfaça em pedaços enquanto cozinha. Junte o fiambre e o arroz. Mexa e adicione o molho de soja. Retire do lume e está pronto a servir.

legumes em molho agridoce:
Numa taça coloque a farinha maizena e dissolva-a com o vinagre. Junte o ketchup, o molho de soja, o molho de peixe e o açúcar e mexa até dissolver tudo. Reserve.
Descasque as cebolas e corte-as em gomos.
Limpe as sementes do pimento e corte-o em pedaços.
Limpe os cogumelos com papel absorvente humedecido e corte-os em quatro gomos.
Corte igualmente a courgete e a cenoura em pedaços.
Convém ter os legumes todos prontos quando colocar o wok ou frigideira a aquecer.
Aqueça o wok, coloque o óleo e junte a cebola e cenoura. Deixe saltear durante 30 seg.
Adicione o pimento e deixe saltear outros 30 seg.
Junte agora os cogumelos e a courgette. Mexa e deixe saltear 1 min. Junte o molho previamente preparado, deixe cozinhar alguns segundos e junte a água.
Mexa, retifique o sal se necessário (juntando mais molho de soja), e deixe o molho reduzir até à consistência desejada. Retire e sirva.

 

Risotto de Favas e Ervilhas

Fazer um risotto não tem nada de especial. É tudo uma questão de fazer algumas vezes até apanhar o jeito. Esta receita serve de entrada, ou só por si de refeição. Mais uma vez usei as favas sem pele, cujo método de prepaação encontam mais detalhadamente aqui.

SERVE: 2
TEMPO: 20 MIN

INGREDIENTES:
1 Chávena de Miolo de favas
1 Chávena de Ervilhas
1 cebola
2 Dentes de Alho
1 c.s. de Manteiga+1 c.s. de Manteiga
2 c.s. de Azeite
1 caldo de galinha
Água quente (aprox. 1/2L)
1/2 copo vinho branco
1 c.chá de açafrão em pó
Sal e pimenta q.b.
1 Ramo de Tomilho
1 chávena de arroz arborio
Parmesão ralado a gosto

Numa panela coloque 1/2 l de água, o açafrão e o caldo de galinha. Deixe ferver e reserve.
Num tacho coloque 1 colher de sopa de manteiga juntamente com o azeite. Junte a cebola e os dentes picados e deixe refogar uns 2 minutos.
Adicione o arroz e frite-o durante 1 minuto, mexendo ocasionalmente.
Junte o vinho branco, as favas, o tomilho e as ervilhas e deixe evaporar. Vá adicionando uma colher do caldo de cada vez, assim que o arroz começar a secar. Entre adições mexa ocasionalmente para ajudar a libertar o amido do arroz (não precisa de o fazer constantemente).
Tempere com sal e pimenta.
O arroz demora cerca de 13 a 15 minutos até ficar pronto, mas vá provando. O objetivo é que fique al-dente. Quando atingir este ponto, retire do lume, junte a restante manteiga e parmesão ralado (3 c.s.) e deixe tapado uns 2 minutos antes de servir.