chocolate_pt

Bolo de Chocolate

Antes de mais, um grande, grande pedido de desculpas pela ausência prolongada. As últimas semanas foram cheias, cheias de trabalho: preparar as coisas da bebé que chega já em setembro, juntamente com os exames da universidade tornaram-me num verdadeiro autómato, sem qualquer tempo disponível para o que quer que fosse.
A licenciatura já está acabada, (finalmeeente) e apesar de não ter sido fácil voltar aos estudos depois dos 30 (ainda mais grávida) quando se quer tudo se consegue: é a prova de que a força de vontade tudo vence!
As coisas da pequena também estão quase prontas…num primeiro bebé tudo tem de se comprar…

Agora quero apenas aproveitar estas próximas semanas para regressar a coisas tão boas como ler um livro (não académico), cozinhar, ver séries e filmes, passear ou ir à praia.

Nesta receita quis fazer algo bem indulgente…uma fatiazinha não me faz mal. Este bolo é mesmo assim: húmido, cheio de chocolate, decadente e ideal para aqueles momentos em que só queremos pôr os pés para cima, sentar no sofá e deliciar-nos com algo delicioso. Esqueçam a linha, esqueçam a culpa e as regras! A vida também precisa de momentos assim!

2

Receita retirada daqui

SERVE: 6
TEMPO: 55 min+2h

INGREDIENTES:
5 Ovos
275g de Chocolate Negro
125g de Margarina
1 Chávena de Chá de Farinha de Amêndoa
1/4 Chávena de Chá de Farinha de Trigo
1 Chávena de Açúcar Amarelo
1 Pitada de Sal

Pré-aqueça o forno a 170º.
Comece por derreter em banho maria, o chocolate e a margarina. Coloque uma taça de vidro ou metal sobre uma panela com água ao lume (sem estar em contato direto com a água), mexendo ocasionalmente até tudo estar derretido.
Retire a taça do lume, junte o açúcar amarelo e com uma espátula misture.
Junte a farinha de trigo e a de amêndoa, assim como o sal e os ovos, misturando até obter uma mistura uniforme.
Junte uma forma de fundo amovível. Forre tanto o fundo com as laterais com o papel vegetal e coloque a massa dentro da forme. Tape a parte superior com papel de alumínio e leve ao forno durante 50 a 55 minutos. Não espere que saia completamente cozido. É muito natural que o centro esteja um pouco líquido no centro.
Deixe arrefecer fora do forno, e quando já frio coloque no frigorífico durante 2h antes de desenformar.
Desenforme e sirva com fruta fresca (opcional).

1

Panquecas de Cacau com Coulis de Morango

Existem receitas que pela sua aparência sugerem que serão pouco saudáveis e extremamente calóricas. mas nem sempre é assim. Temos de estar atentos aos ingredientes e à forma de confeção. Estas panquecas são um pouco assim…talvez por levarem chocolate, e por terem o coulis.
6
Esta é a receita perfeita para surpreender aquela pessoa especial, ou para aquelas manhãs tristes de inverno, ou simplesmente porque apetece. Ou porque o próximo domingo é o Dia da Mãe!

E neste primeiro ano em que o Dia se torna tão especial para mim, dedico esta receita a todas as mulheres que são mães de coração, mesmo sem ser de sangue, que encontram sempre um sorriso para os seus filhos, mesmo nos dias mais difíceis, que têm de ter 2 empregos para que nada falte, que acordam super cedo para conseguir fazer tudo, que os criam sozinhas, que os criam em dificuldade mas nunca sem amor, que mesmo quando nada corre bem, conseguem ser boas mães!

Feliz Dia da Mãe!

5 4

Receita adaptada daqui
SERVE: 4
TEMPO: 25min

INGREDIENTES:

Panquecas
250g de farinha de trigo
3 c.s. de cacau em pó
1 Ovo
2 c.chá fermento
75g de Açúcar
3 c.s. de Manteiga
1 c.s. de Extrato de baunilha
350ml de Leite
Margarina q.b.

Coulis de Morango
250g de Morango
2 c.s. de Açúcar branco

PREPARAÇÃO:

Coulis:
Num tacho coloque os morangos cortados e o açúcar. Deixe levantar fervura, e deixe ferver durante 4 minutos. Triture com uma varinha mágica e reserve (preferencialmente até arrefecer completamente).

Panquecas:
Numa taça coloque os ingredientes líquidos: a manteiga derretida, o leite, a baunilha e o ovo. Misture e reserve.
Noutra taça junte os ingredientes secos e gradualmente vá juntando os líquidos aos secos, mexendo com uma colher até obter uma mistura uniforme.
Aqueça uma frigideira e unte com alguma margarina apenas quando necessário.
Coloque colheradas de massa, e deixe cozinhar 1 minuto de cada lado (se colocar uma colher de sopa de cada vez).
Sirva com o coulis, chocolate negro ralado e/ou açúcar em pó.

Churros de Batata Doce com Ganache de Chocolate Negro e Laranja

Finalmente uma receita! Ultimamente sei que não tenho tido grande disponibilidade, às vezes a vida é mesmo assim…andamos tão enredados nas coisas do dia a dia, que o tempo acaba por passar a voar.

Da horta da minha sogra têm chegado tantas coisas boas: tangerinas, couves, bróculos, nozes. Vieram também umas batatas doces ótimas, e este fim de semana foi a oportunidade ideal para lhes fazer bom uso. Confesso que não as adoro como companhia para carnes ou peixe, mas em sobremesas são muito polivalentes.

2

Estes churros ficaram qualquer coisa, e a ganache aromatizada com laranja ajuda a cortar a riqueza dos fritos. Sei que o Natal está quase à porta (falta só 1 mês, já repararam??!!) e devia andar a poupar-me para a época de fartura que há-de vir mas, domingo de chuva com lareira acesa, só pedia qualquer coisa assim!

3

SERVE: 6
TEMPO: 45 MIN

INGREDIENTES:
300ml de água
1 c.chá de sal
300g de Farinha de Trigo
200g de Batata Doce
1 Ovo
Óleo para fritar (1/2 L)
100g de Chocolate Negro (70%)
100ml de Natas
Raspa de 1/2 Laranja

PREPARAÇÃO:
Coza as batatas (com pele) e quando cozidas escorra e deixe arrefecer. Retire-lhes a pele reduza-as a puré. Reserve.
Num recipiente em banho maria, derreta o chocolate juntamente com as natas e a raspa da laranja, mexendo ocasionalmente. Reserve.
Num tacho coloque a água e o sal e deixe levantar fervura.
Quando ferver, desligue o lume e junte a farinha mexendo sempre até despegar do fundo. Vá adicionado a polpa da batata, mexendo sempre. Junte o ovo e reserve por 15 minutos no frigorífico.
Coloque o óleo a aquecer numa panela ou fritadeira e deixe aquecer (até aos 160ºC aproximadamente).
Coloque a massa num saco de pasteleiro e vá colocando pedaços de massa no óleo quente. Pode fritar círculos de massa e depois cortar com a ajuda de uma tesoura, ou conforme vai deitando a massa no óleo, peça ajuda a um par extra de mãos que corte a massa em comprimentos equivalentes.
Retire, coloque os churros em papel absorvente antes de servir com a ganache de chocolate. Sirva quentes.

Brownie de Chocolate Negro, Nozes e Amoras

Ora aqui está uma daquelas receitas fantásticas, boas de se ter sempre à mão. E porquê? Porque é deliciosa, fácil de fazer, e pode ser usada uma infinidade de ingredientes…neste caso amoras (que estão na época) e nozes.

8

Pode usar outros frutos secos, outros tipos de chocolates e outras frutas. Tem ainda a vantagem de poder ser facilmente congelado depois de pronto, e quando tiver um daqueles acessos de desejo por algo bem doce e decadente, tira do congelador com umas 2 horas de antecedência e nem vai notar a diferença.

SERVE: 8
TEMPO: 30min

INGREDIENTES:
125g de Chocolate Negro
150g de Manteiga
3 Ovos
100g de Nozes
200g de Amoras
100g de Farinha de Trigo
1 c. de chá de fermento
120g de açúcar

Pré aqueça o forno a 180ºC.
Comece por derreter o chocolate e manteiga em banho maria.
Bata os ovos com o açúcar e junte ao preparado anterior.
Adicionar a farinha e fermento peneirados e envolver.
Unte um tabuleiro com manteiga e verta o preparado.
Sobre a massa disponha as amoras e as nozes e leve ao fono durante 20 a 25 minutos. O ideal é retirar o brownie quando a superfície estiver já cozinhada, mas ao toque perceber que ainda está ligeiramente cru.
Deixe arrefecer uns 30 minutos antes de servir.
Se quiser pode fazer no dia anterior e deixar no frigorífico para servir no dia seguinte.

Profiteroles de Caramelo salgado e Chocolate Negro…e as boas vindas

E depois de uma merecida pausa, com Setembro vem o “No Leftovers”. O blogue fez-se site, mudou de nome, lavou a cara e aqui está ele! Com direito a menu de receitas e tudo!
A propósito desta transição, quero pedir desculpas a todas as pessoas que amavelmente tinham colocado comentários nos posts, mas infelizmente não foi possível a sua importação. Além disso, e como o facebook não permite alterar o nome das páginas, os gostos foram todos à vidinha! Encontram a nova página aqui.

O Verão vai dando ares da sua graça, o que ajuda neste mês de regresso às aulas, às rotinas habituais e às tardes outonais. E é com as cores do Outono que estes profiteroles se enfeitam…Foi a terceira vez que os fiz , e acho que da minha parca experiência posso dizer que duas coisas são fundamentais para sairem bem: uma boa massa e o tempo exato de cozedura no forno. Para mim penso até que o segundo ponto é mais difícil de acertar, porque os fornos variam, por isso acho que como em quase tudo a sensibilidade olha por nós.  Nada como dar um toque com o dedo indicador: se estiverem firmes, rock and roll, baby! Se não, esperem mais uns minutos e vão espreitando.

b d

Os recheios e as coberturas também podem variar, mas eu prefiro sempre contrastar os sabores: o caramelo é um pouco doce por isso o chocolate negro faz-lhe boa companhia.
Eu gosto de preparar o caramelo com alguma antecedência porque quando arrefece totalmente adquire uma consistência mais fácil de rechear, mas se não o puderem fazer antes, quando colocarem os profiteroles no forno, façam o caramelo.

e

SERVE: 8 PESSOAS
TEMPO:90min

INGREDIENTES:

para a massa:
150g de Farinha de Trigo
100g de manteiga
4 Ovos
300ml de água

para o recheio:
200ml de natas para bater
1 c.s. de açúcar refinado

para o caramelo:
2 c.s de açúcar amarelo
1 c.chá de sal grosso
2 c.s. de manteiga
100ml de natas

para a ganache de chocolate:
200ml de chocolate negro (usei 70% de cacau)
200ml de natas

Massa:
Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Peneire a farinha.
Num tacho, coloque a manteiga e a água e deixe que a manteiga derreta. Deixe levantar fervura. Retire do lume, coloque a farinha e vá mexendo com uma colher de pau, até que a massa forme uma bola e descole do fundo.
Deixe arrefecer até se seguro juntar os ovos, sem cozerem.
Bata os ovos num prato e vá juntando gradualmente à massa, batendo continuamente, até que esta fique com um aspeto brilhante.
Forre um tabuleiro com papel vegetal, coloque a massa num saco de pasteleiro e disponha pequenas quantidades de massa, com algum espaço entre si. Não se esqueça que os profiteroles crescem um pouco no forno.
No final, molhe o dedo indicado com água fria e toque na pontinha da massa que normalmente tem tendência a queimar (opcional).
Leve ao forno durante 40 minutos.
Quando estiverem prontos, retire-os e deixe arrefecer.

Recheio:
Bata as natas em chantilly e junte 1 c.s. de açúcar refinado.
Com a ajuda de uma faca, faça uma pequena incisão nos profiteroles, de forma a conseguir introduzir o bico do saco de pasteleiro. Encha um saco com o caramelo e vá distribuindo pelos profiteroles. Não encha totalmente pois vai precisar de encher também com o chantilly.
Repita o mesmo processo para o chantilly.

Ganache:
Num tacho coloque água a ferver e sobre esta, mas sem esta em contato direto, coloque uma taça de vidro ou metal. Parta o chocolate em pedaços e coloque-os na taça. Junte as natas e vá espreitando, mexendo ocasionalmente até que todo o chocolate derreta e fique totalmente incorporado com as natas.
Verta sobre os profiteroles na altura de servir.

Barritas de Chocolate, Côco e Quinoa

Sabem aquelas semanas que nunca mais acabam? Esta é assim para mim. Finalmente o sol deu ares da sua graça, o que é imediatamente uma injeção de energia e boa disposição, ajudando a levar tudo a seu termo.

No último domingo fui a Serralves, e como nunca tinha visitado achei lindo, mas o tempo não estava grande coisa, pelo que as fotografias deixaram um bocadinho a desejar.

Acho que este fim de semana vai ser ideal para passear por aí, de máquina na mão! Já tinha saudades disso…passear, conhecer coisas novas, fotografar com bom tempo. Ir sem planos nem roteiros, com a curiosidade de uma criança e uma barrita energética na carteira. Estas são as prediletas cá em casa: nem demasiado doces, nem moles…eu gosto delas crocantes e cheias de surpresas…
Aproveitem bem os dias que se aproximam!

3 2

INGREDIENTES:
250 de Flocos de Aveia
100g de Côco ralado
50g de quinoa
3 c.s. de sementes de Girassol
2 c.s. de semente de Sésamo
1 lata de leite condensado
100g de Chocolate Negro picado (usei com 70% de cacau)
Manteiga para untar

Ligue o forno a 130ºC.
Numa panela coloque o leite condensado e deixe aquecer até começar a ferver.
Numa taça junte a aveia, o côco, a quinoa, as sementes e o chocolate picado pode usar em pepitas).
Verta o leite condensado sobre os ingredientes secos e envolva com a ajuda de uma colher, até a mistura etar uniforme.
Unte uma forma (usei uma de 20×40) com manteiga e coloque a preparação.
Alise e calque um pouco, para que fique uma barra compacta.
Leve a forno, durante 60 minutos.
Retire do forno, deixe arrefecer uns 2 minutos e desenforme.
Corte em pedaços e coloque sobre uma rede até que arrefeçam completamente.
Guarde num recipiente hermeticamente fechado.