canela

Queijadas de Laranja e Queijo Fresco

Ainda ontem estávamos de pés na areia em pleno verão e quase, quase que é Natal. Não há loja que já não esteja devidamente engalanada para a época. E de manhã nas bermas já sê aquela geada branquinha tão típica da estação. As árvores despem-se e os casacos vestem-se.

Por aqui ainda não se vêem enfeites natalícios, mas à mesa sentam-se sabores mais quentes e reconfortantes. Sabem bem os estufados, as sopas grossas, as massas encorpadas e os assados robustos. Cada sabor tem um lugar e uma estação. Na fruteira já se sentam os dióspiros, as romãs, as castanhas, as primeiras laranjas e clementinas.

Dezembro trará consigo os brócolos, legume que tanto me conforta a barriga e a alma. E lá para 24 as filhoses, sonhos e rabanadas alinham-se à mesa, estreando o cortejo tão aguardado que reúne toda a família em redor dos sabores do coração. Mal posso esperar!

1

SERVE: 6
TEMPO: 1H

INGREDIENTES:
200g de Queijo fresco
400ml de Leite
40g de Manteiga amolecida
350g de Açúcar
Raspa de 2 laranjas
75g de Farinha de trigo
5 ovos
1 Pau de Canela
Margarina para untar

PREPARAÇÃO:
Ligue o forno a 180ºC e unte forminhas de queijada com margarina. Reserve.
Num tacho aqueça o leite, o pau de canela, a raspa das laranjas, a manteiga e o açúcar. Quando começar a ferver deixe repousar e infundir o sabor da laranja por 10 minutos.
Num recipiente bata o queijo fresco com os ovos até obter uma mistura uniforme. Junte a farinha e o leite e misture novamente. Verta o preparado nas forminhas e leve ao forno durante 25 a 30 minutos (ou até que as queijadas fiquem firmes douradinhas por cima).
Retire e deixe-as arrefecer para depois desenformar.

dsc_0139

dsc_0146

dsc_0148

dsc_0149

dsc_0170

dsc_0171

dsc_0177

Queijadas de Laranja e Requeijão

Finalmente a Primavera. Perdão: primavera!
Perdeu a inicial maiúscula, mas não perdeu o encanto. Continua a ser a minha estação favorita. Ali no meio entre o calor insuportável do verão e o frio implacável do inverno. Lentamente os dias cinzentos vão-se despedindo, enquanto uma nova palete de cores se vai instalando calmamente. Promessa de dias maiores, campos verdes e floridos, passeios ao ar livre.
Tão bom!

4

3

Por aqui os passeios à beira mar vão ajudando a reforçar a vitamina D, e para a imunidade nada melhor do que as laranjas, que são deliciosas nesta estação.

Vamos vitaminar por aí?

2

SERVE: 12 queijadas
TEMPO: 90min

INGREDIENTES:

Massa:
350 g de farinha
120 g de margarina amolecida
50 g de açúcar
1 ovo
50ml de água gelada

Recheio:
350 g de requeijão
200 g de açúcar
6 Ovos
Raspa de 1 Laranja

Canela em pó e Açúcar em pó para polvilhar
Margarina para untar

PREPARAÇÃO:
Numa superfície, coloque a farinha e o açúcar, junte a margarina amolecida e amasse.
Abra depois um buraco no meio, junte o ovo batido e a água.
Amasse até ficar uma massa homogénea.
Reserve no frigorífico durante meia hora.
Ligue o forno a 180 graus.
Numa liquidificadora, coloque o requeijão, o açúcar, os ovos e a raspa da laranja. Misture bem.
Unte as formas com a margarina. Estenda a massa até que fique muito fina e forre-as.
Encha as formas com o recheio e leve ao forno durante meia hora (ou até que fiquem totalmente douradas).
Retire, desenforme, deixe arrefecer e sirva polvilhado com açúcar em pó e canela.

Doces Começos!

Hoje trago-vos uma receita de Natal, que embora já vindo um pouco tardia, merece bem a pena ser partilhada. Já tinha tropeçado numa ou noutra receita de rabanadas recheadas, mas sinceramente tinha tanto receio que fossem enjoativas que nunca me tinha atrevido a experimentar. Inicialmente a minha ideia era usar ovos moles no recheio (não fosse eu de Aveiro), mas como o creme de leite é tão igualmente indulgente pareceu-me uma excelente opção.

blog1

E aqui estão elas: tão decandentes, deliciosas e pecaminosas quanto parecem! Ei, nem tudo tem de ser saudável, pois não?! Que melhor maneira de começar 2016?
Feliz Ano Novo a todos!

blog2

TEMPO: 45MIN
SERVE: 4

INGREDIENTES:
1 Pão Cacete (duro)
1 Chávena de chá de leite
2 Ovos
1/2 Lata de Leite Condensado Cozido
2 Chávenas de Óleo vegetal para fritar
2 c.s. de Açúcar branco + 1 c.s. de Canela em Pó para Polvilhar

blog3

PREPARAÇÃO:
Corte o pão em fatias com cerca de 5cm de largura. Com uma faca pequena faça um corte até meio da fatia (como se fosse fazer uma sandes) e com uma colher coloque um pouco do leite condensado cozido no interior.
Recheie todas as fatias e reserve.
Numa taça bata os ovos e misture o leite. Reserve.
Noutra taça coloque o açúcar e a canela e reserve.
Ponha o óleo na frigideira e deixe aquecer.
Passe as fatias de pão na mistura do ovo com o leite e leve a fritar de ambos os lados até ficarem bem douradas.
Ao retirá-las do óleo, deixe escorrer alguns instantes em papel absorvente e em seguida passe na canela e no açúcar.

blog4

blog6

blog7

blog8

Out with the old, in with the new

Que é o mesmo que dizer, esquecer o que lá vai e lançarmo-nos cheios de força para novos projetos! É assim que quero o meu 2016.
2015 foste um ano incrível. Não que possa dizer que foste um ano plenamente feliz, mas claramente um ano de fechar ciclos. Em Janeiro descobri que estava grávida. Nem queria acreditar. Os exames da faculdade arrastaram-se até Fevereiro, depois novo semestre, e num instante nova época de exames. Quando abri os olhos era Verão e a minha barriga estava a crescer a olhos vistos. Não tive tempo para gozar férias ou fins de semana. Não tive tempo para fazer viagens (que saudades que tenho de viajar)! Os meus tempos livres foram meticulosamente planeados para organizar a casa ou estudar. Não foste um ano fácil. Principalmente grávida, cansada, ansiosa, insegura, etc, etc, etc…
Finalmente em Setembro trouxeste-me a Carlota. Mostraste-me esse amor infinito. Abriste as portas para esta aventura que vai durar a minha vida toda!  O melhor do meu ano. Mostraste-me que além de um grande marido, tenho ao meu lado um grande pai para ela. Um amigo. Num abrir e fechar de olhos chegou o Natal.

2

2016, estou à tua espera! Quero que sejas abundante de sorrisos e farto de amor. Sei que serás feliz. Vou ver a minha filha a aprender a andar, a começar a falar, a comer! Estou ansiosa por lhe dar a provar tanta coisa…espero que seja uma foodie como a mãe! Vai ser o ano das primeiras vezes dela…e minhas: a primeira sopa, o primeiro dia de praia, o primeiro chocolate, o primeiro dia na creche, a primeira noite no seu quarto, o primeiro passo, a primeira gargalhada.
Sei que serás generoso e não esquecerás os meus sonhos, o que tenho trabalhado e investido. Sei que também serás generoso e feliz para os meus, para aqueles que amo e que me rodeiam. E para vocês também! Estes são os meus votos mais sinceros. Até para o ano!


TEMPO: 120min
SERVE: 6

INGREDIENTES:

Massa:
1 Kg de Farinha de Trigo
200 ml Leite Morno
250g de Açúcar
1 pacote de Fermento de Padeiro desidratado
250g de Margarina derretida
2 Ovo + 4 Gemas
2 c.s. rasas de Canela em Pó

5

Recheio:
1 cálice de vinho do Porto
2 Chávenas de frutos secos variados: nozes, sultanas, arandos e amêndoas.
2 c.s. de margarina amolecida
2 c.s. de Açúcar Amarelo
Açúcar em Pó para polvilhar

Derreta a manteiga.
Dissolva o fermento em pó no leite, juntamente com a açúcar.
Batas os ovos e as gemas.
Num alguidar fundo coloque os secos (farinha e canela), e faça uma cova no meio.
No centro despeje os ovos, o leite e a manteiga, assim como os frutos secos.
Vá misturando e quando obtiver uma massa uniforme, coloque sobre uma superfície polvilhada com farinha e amasse durante uns bons 10 minutos. Para facilitar divida a massa em 2 partes. Deixe levedar até duplicar de tamanho.
Decorrido este tempo, estenda a massa numa superfície enfarinhada estenda-a num retângulo.
Numa taça misture os ingredientes do recheio e disponha a pasta obtida no interior do retângulo.
Enrole em forma de torta e corte em 2 partes (no sentido longitudinal, mas deixe uma das extremidades por cortar). Enrole-a as suas partes cortadas uma sobre a outra e feche em círculo.
Transfira para um tabuleiro com papel vegetal e deixe levedar durante uns 30 minutos.
Coloque a coroa em forno pré aquecido a 180ºC durante 40 a 60 minutos (faça o teste do palito).
Polvilhe com açúcar em pó depois de arrefecer.

1

Salada Tandoori de Camarão

Ultimamente tenho experimentado novas combinações nas saladas. Juntar diferentes frutas, especiarias ou molhos é o ideal para transformar o banal em algo extraordinário.
Eu adoro saladas…aliás eu sou daquelas pessoas que come sempre a comida com salada (nada a ver com dietas: pura e simplesmente gosto!).

Desta vez combinei o calor das especiarias indianas com a frescura das folhas verdes…e o melhor é que ao contrário do normal, esta salada é temperada com um molho quente, ficando ainda mais pungente e deliciosa!

Praia, sol, comida deliciosa e colorida…que mais se pode desejar para o verão!

2

SERVE: 4
TEMPO: 40MIN

INGREDIENTES:

Camarão:
300g de Camarão
1 dente de Alho
1 c.chá de Açafrão
1 c.chá Caril
1 c.café Canela em Pó
1 c.sopa de óleo vegetal
1 c.chá de Sal
Pimenta Moída q.b.
1 c.chá de Sementes de Mostarda

Salada:
1 Embalagem de Mistura de Salada
1 Chávena de Tomate (usei cherry)
Sumo de 1 Lima
Amendoins Salgados

Molho de Iogurte:
1 Iogurte Natural
1 dente de Alho
Sal e Pimenta q.b.
Folhas de Hortelã

Limpe os camarões e dê-lhes um golpe na parte mais volumosa, no sentido do comprimento.
Prepare a marinada: num almofariz coloque as sementes de mostarda, o sal e o alho e esmague. Numa frigideira toste ligeiramente as restantes especiarias e junte-as ao camarão, juntamente com a pasta de alho. Deixe ganhar sabor pelo menos durante 30 minutos.

Prepare o molho: Misture o iogurte, a hortelã picada, o dente de alho ralado ou picado finamente e tempere com sal e pimenta. Se desejar um sabor menos forte de iogurte,junte 1 c.sopa de maionese.

Numa frigideira coloque o óleo, deixe aquecer e frite os camarões. Retire-os e na gordura que ficar na frigideira, esprema o sumo de 1 lima (já com o lume desligado).

Coloque a salada numa travessa, junte os tomatos e tempere com o molho da frigideira. Disponha os camarões, os amendoins picados (ou inteiros) e o molho de iogurte. Sirva de imediato.

Pipocas de Caramelo e Canela

Adoro pipocas! Adoro-as salgadas, doces, picantes! Adoro-as à tarde, à noite, para ver um filme, para petiscar, para festejar! Ficam lindamente servidas em festas (de crianças então!), em lanches, ou em momentos de convívio.

3

Normalmente prefiro as salgadas, mas estas conquistaram o meu coração. Primeiro porque são feitas com óleo de côco (e só faz bem) e depois porque ficam crocantes, e com aquela capinha de caramelo que as cola em aglomerados de doçura. E porque não partilhar esta sugestão no Dia Internacional da Família?
Bom fim de semana!

SERVE: 2
TEMPO: 15 MIN

INGREDIENTES:
75g de milho de pipocas
2 c.s. de açúcar branco
1 c.s. de óleo de côco
1 c.chá de canela em pó
1/2 c.chá sal fino

Aqueça o óleo de côco juntamente com o açúcar. Quando começar a ficar dourado, junte o milho e tape.
Deixe que as pipocas estoire, e quando finalmente tiverem parado, junte a canela em pó e mexa, deixando ao lume mais 30 segundos.
Retire-as, polvilhe com o sal e deixe arrefecer 2 minutos para que o caramelo solidifique.
Sirva de imediato.

1

Esta receita usa My Protein