Marisco

Linguini com Molho de Alho Francês, Mexilhão e Requeijão

E eis-me finalmente de volta. Para aqueles que me seguem aqui, já sabem o motivo da minha ausência temporária, (na verdade um excelente motivo!!): 39 semanas e 4 dias depois, finalmente a Carlota nasceu, com 3425g e 50cm.

Infelizmente na fase final da gravidez desenvolvi pré eclâmpsia e o parto teve de ser provocado. Não foi rápido (aliás como é habitual nos primeiros filhos) e sinceramente pensei que fosse ser menos doloroso, mas às 00h40 a minha vida mudou para sempre. Sei que estas palavras soam a cliché, mas ainda agora não consigo explicar a emoção que se sente quando nasce um filho. É uma ligação mútua e tão visceral que embora já forte mesmo antes do nascimento, se vincula com enorme naturalidade no momento em que a pele do bebé e da mãe se tocam. Não há nada mais forte e sincero do que aquele amor incondicional.

Estes 12 dias têm sido uma enorme viagem. Cada dia aprendo mais e mais, e sei que no dia a seguir serei melhor e sentir-me-ei mais confiante. Com a Carlota, cresceu uma família, nasceu um pai maravilhoso e uma mãe. E apesar das noites mal dormidas, das cólicas, das dúvidas e incertezas de primeira viagem, todos os momentos são uma benção e não posso senão sentir-me grata e extremamente abençoada.
Queremos também agradecer as palavras bonitas que partilharam connosco! Não poderíamos estar mais felizes!

Finalmente a rotina vai-se reinstalando cá por casa…já saímos para dar pequenos passeios com a princesa, já consigo espreitar o que se vai passando na net, e finalmente também já se cozinha, nem que sejam coisas mais simples, rápidas e convenientes. As massas continuam a ser as minhas favoritas e dos pratos mais versáteis que existem. Sabe tão bem voltar a casa e à comidinha caseira!

SERVE: 4
TEMPO: 20 MIN

INGREDIENTES:
1 Kg de Miolo de Mexilhão
3 c.s. de Azeite
1 dente de Alho
1 Alho Francês (apenas a parte branca)
300 ml de Natas para Culinária
125g de Requeijão de Vaca Tété
1 ramo de Cebolinho
1 Malagueta Vermelha
Sal q.b.
500g de Linguini

Coloque ao lume, uma panela com água e sal e deixe levantar fervura. Quando ferver coloque o linguini e respeite o tempo de cozedura recomendado na embalagem.
Enquanto a massa coze prepare o molho: corte o alho francês em rodelas e leve a refogar no azeite.
Quando o alho francês começara ficar translúcido junte o alho picado, meia malagueta em rodelas e o miolo de mexilhão. Mexa e deixe cozinhar uns 2 minutos.
Junte as natas e deixe que o molho reduza (5 minutos). Retire do lume.
Junte o cebolinho picado e o requeijão.
Escorra a massa e envolva-a no molho.
Sirva-a de imediato decorando com a restante malagueta.

4

3

1

Salada Tandoori de Camarão

Ultimamente tenho experimentado novas combinações nas saladas. Juntar diferentes frutas, especiarias ou molhos é o ideal para transformar o banal em algo extraordinário.
Eu adoro saladas…aliás eu sou daquelas pessoas que come sempre a comida com salada (nada a ver com dietas: pura e simplesmente gosto!).

Desta vez combinei o calor das especiarias indianas com a frescura das folhas verdes…e o melhor é que ao contrário do normal, esta salada é temperada com um molho quente, ficando ainda mais pungente e deliciosa!

Praia, sol, comida deliciosa e colorida…que mais se pode desejar para o verão!

2

SERVE: 4
TEMPO: 40MIN

INGREDIENTES:

Camarão:
300g de Camarão
1 dente de Alho
1 c.chá de Açafrão
1 c.chá Caril
1 c.café Canela em Pó
1 c.sopa de óleo vegetal
1 c.chá de Sal
Pimenta Moída q.b.
1 c.chá de Sementes de Mostarda

Salada:
1 Embalagem de Mistura de Salada
1 Chávena de Tomate (usei cherry)
Sumo de 1 Lima
Amendoins Salgados

Molho de Iogurte:
1 Iogurte Natural
1 dente de Alho
Sal e Pimenta q.b.
Folhas de Hortelã

Limpe os camarões e dê-lhes um golpe na parte mais volumosa, no sentido do comprimento.
Prepare a marinada: num almofariz coloque as sementes de mostarda, o sal e o alho e esmague. Numa frigideira toste ligeiramente as restantes especiarias e junte-as ao camarão, juntamente com a pasta de alho. Deixe ganhar sabor pelo menos durante 30 minutos.

Prepare o molho: Misture o iogurte, a hortelã picada, o dente de alho ralado ou picado finamente e tempere com sal e pimenta. Se desejar um sabor menos forte de iogurte,junte 1 c.sopa de maionese.

Numa frigideira coloque o óleo, deixe aquecer e frite os camarões. Retire-os e na gordura que ficar na frigideira, esprema o sumo de 1 lima (já com o lume desligado).

Coloque a salada numa travessa, junte os tomatos e tempere com o molho da frigideira. Disponha os camarões, os amendoins picados (ou inteiros) e o molho de iogurte. Sirva de imediato.

Tagliatelle com Amêijoas e Molho de Anchovas e Tomate Assado

Quem me segue por estas bandas, sabe os motivos da minha ausência. Estou no primeiro trimestre de gravidez (quase a passar para o segundo) e tive imensos enjoos. E não eram matinais ao contrário do que se diz…duravam o dia todo, e se eu acordasse durante a noite, até aí me sentia mal. Um sofrimento menor comparado com a enorme felicidade de estar grávida do meu primeiro filho (ou filha), mas mesmo assim a tarefa de cozinhar (ou sequer pensar em comida), tornou-se bastante insuportável para mim…haverá algo pior do que uma blogger de culinária enjoar comida? Não me parece…e por mais incrível que pareça deixei de conseguir gostar de algumas coisas que antes adorava comer, tais como bróculos, queijo da ilha ou feijão verde. E passei a desejar coisas que antes não detestava, mas simplesmente não me faziam pular de alegria: canja ou laranjas. A sério…eu a comer canja!!

Untitled-1

Finalmente já estou minimamente funcional nas artes culinárias e juro que algo que me tem dado imenso gozo comer (ainda mais do que antes) são as massas! Sem grandes requintes, ou especialidades…apenas comida autêntica e saborosa! Esta receita é especial porque ensina como fazer um molho de tomate fantástico, sem grande aparato ou trabalho…apenas tomates assados até atingirem a doçura ideal, tão suaves que a pele se desfaz num molho delicado e maravilhoso! Um ramo de manjericão e umas anchovas…and I’m a happy girl!

3

SERVE: 4
TEMPO: 45MIN

INGREDIENTES:
1/2 Kg de Tomates de Rama
3 Dentes de Alho
Sal e Pimenta q.b.
1/2 copo de Azeite
250g de Tagliatelle
4 anchovas (2 algum do óleo)
1 cálice de vinho do Porto
1 Ramo de Manjericão
1/2 Kg de Amêijoas

PREPARAÇÃO:
Num tabuleiro coloque os tomates cortados ao meio, voltados para baixo, e temperados com sal e pimenta e metade do azeite. Deixe assar em forno pré-aquecido a 200ºC durante 30 minutos (junto à grelha).
Num tacho coloque o restante azeite, os dentes de alho picados e as anchovas. Deixe o alho cozinhar ligeiramente, mexendo com a colher para que as anchovas de desfaçam no molho.
Junte os tomates (pode juntar mesmo assim em metades, ou pode triturá-los primeiro), um cálice de vinho do Porto e tempere de sal e pimenta.
Coloque um tacho com água temperada com sal ao lume, até que a água entre em ebulição.
Deixe o molho borbulhar e reduza para o mínimo, junte as amêijoas e deixe que estas abram.
Coza o tagliatelle durante (5 minutos). Não deixe que ele cozinhe totalmente, pois o objetivo é que termine a cozedura no molho de tomate.
Quando a massa estiver cozinha, escorra-a, mas reserve alguma da água de cozedura. Junte-a ao molho de tomate e se necessário, retifique a espessura do molho com alguma da água de cozer a massa. Deixe que esta fique al-dente e aí junte o manjericão. Mexa e sirva de imediato.

2

Vamos ao chinês?

Eu adoro comida chinesa! Adoro os salteados, adoro o crepe de legumes que servem de entrada, adoro os noodles, adoro a galinha com amêndoas e os salteados com alho que vêm naquela chapa quente!
Tirando alguns ingredientes específicos (molho de peixe e molho de soja) todos os outros ingredientes desta receita são usados num sem número de receitas de outras cozinhas sem ser a chinesa. A grande diferença está na forma como são preparados.
Se não tiver um wok tem mesmo de comprar, porque é daqueles utensílios muito práticos, e não servem só para comida chinesa. É a ferramenta ideal para fazer os fritos no Natal, por exemplo.

4 3
Quando era adolescente, os primeiros restaurantes chineses abriram aqui em Aveiro, por isso sempre que algum amigo fazia anos, 99% das vezes, o jantar era no chinês. Era novidade…Felizmente as coisas mudaram desde então e agora encontramos muito mais variedades de restaurantes. Mesmo assim, continuo a a adorar ir ao chinês, embora ache que a ementa foi demasiado adaptada ao gosto ocidental, e qualquer restaurante chinês tem praticamente os mesmo pratos (pelo menos aqui em Aveiro).

SERVE: 4
TEMPO:50 min

INGREDIENTES:
camarão ao alho:
400g de camarão
2 c.s. de óleo vegetal
1/2 malagueta
1 c.s. de molho de peixe
2 dentes de alho picados
sumo de 1 lima
sal q.b.

arroz frito:
1 chávena de arroz (usei vaporizado)
1/2 chávena de ervilhas congeladas
2 fatias de fiambre
1 ovo
1 c.s. de molho de soja
1 c.s. de óleo vegetal

legumes com molho agridoce:
1/2 courgete
1 cebola
1 cenoura
1/2 embalagem de cogumelos brancos
1 pimento (eu usei laranja, mas pode usar outro)
1 c.chá de farinha maizena
1 c.chá molho de peixe
1 c.s. de açúcar branco
4 c.s. de vinagre de vinho branco
2 c.s. de ketchup
1/2 chávena de água
2 c.s. de molho de soja

camarões ao alho:
Retire as cabeças e as cascas aos camarões e reserve. Pique os dentes de alho e reserve também.
Aqueça o wok (ou uma frigideira) e coloque o óleo. Junte os camarões, o alho e a malagueta picada e vá mexendo até estarem totalmente opacos e com uma cor laranja. Retire, tempere com o molho de peixe e o sumo da lima, mexa e está pronto a servir.

arroz frito:
Coloque uma panela ao lume, com água e sal. Quando começar a ferver, junte o arroz e as ervilhas e deixe cozinhar até o arroz estar quase cozido, mas ainda um pouqinho cru. Escorra a água e reserve.
Aqueça um wok ou figideira, junte o óleo e o ovo. Mexa o ovo para que se desfaça em pedaços enquanto cozinha. Junte o fiambre e o arroz. Mexa e adicione o molho de soja. Retire do lume e está pronto a servir.

legumes em molho agridoce:
Numa taça coloque a farinha maizena e dissolva-a com o vinagre. Junte o ketchup, o molho de soja, o molho de peixe e o açúcar e mexa até dissolver tudo. Reserve.
Descasque as cebolas e corte-as em gomos.
Limpe as sementes do pimento e corte-o em pedaços.
Limpe os cogumelos com papel absorvente humedecido e corte-os em quatro gomos.
Corte igualmente a courgete e a cenoura em pedaços.
Convém ter os legumes todos prontos quando colocar o wok ou frigideira a aquecer.
Aqueça o wok, coloque o óleo e junte a cebola e cenoura. Deixe saltear durante 30 seg.
Adicione o pimento e deixe saltear outros 30 seg.
Junte agora os cogumelos e a courgette. Mexa e deixe saltear 1 min. Junte o molho previamente preparado, deixe cozinhar alguns segundos e junte a água.
Mexa, retifique o sal se necessário (juntando mais molho de soja), e deixe o molho reduzir até à consistência desejada. Retire e sirva.