Bolos

Quadrados de Côco e Requeijão

O coração do país está de luto. Entre as notícias que nos chegam diariamente, surgem os relatos do horror e tragédia que têm assolado as pessoas e floresta do nosso país.
Histórias de medo, perda e dor interminável.
Traumas que irão acompanhar estas pessoas até ao fim das suas vidas.
Pessoas que perderam pessoas, bens, casas.
Pessoas que perderam a esperança e a paz.
Pessoas que perderam tudo.

No meio deste caos que se tem vivido, surgem todos os heróis anónimos que dão o seu tempo, coragem, força e muitas vezes vida para salvar os outros. Bombeiros, vizinhos, pessoas que contribuem com o que podem.
A todos eles…heróis anónimos ou não, vítimas diretas e indiretas, um abraço de força e carinho.

Que venham dias mais felizes!

SERVE: 4
TEMPO: 45MIN

INGREDIENTES:
150g de requeijão (usei de mistura)
5 gemas+5 claras de ovo
1 pitada de sal de mesa
100g de côco ralado
Sumo e raspa de 1 limão
150g de açúcar branco
2 colheres de sopa de mel

PREPARAÇÃO:
Ligar o forno a 180ºC.
Untar com margarina um tabuleiro retangular e reservar.
Bater as claras com uma pitada de sal fino em castelo firme e reservar.
Numa outra taça bater as gemas, o requeijão, o açúcar, o mel, o sumo e a raspa do limão e o côco ralado.
Incorporar aos poucos as claras em castelo sem bater.
Colocar a massa na forma e levar ao forno por 20-25 minutos.
Deixar arrefecer.
Cortar em quadrados e servir polvilhado de côco ralado.

Trança Doce

Esta semana mais curta, trouxe belos dias quentes de sol e a promessa de um fim de semana longo.
Tardes na cozinha, almoços compridos, passeios na praia ou no campo, idas ao parque…por aqui a Páscoa vai ser assim.

Longe vão aquelas tradições que envolviam encerar o chão de madeira ou enfeitar a porta de entrada da casa com as flores da estação, para receber a visita pascal. As tradições são agora mais simples, menos ostentosas, carregando o mesmo peso, numa embalagem mais leve e ajustada aos nossos dias.
Por aqui há sempre os pães doces, com ou sem ovos, feitos em forno de lenha, se possível. Uns chamam-lhe bolos, outros pão. Uns levam fitas, outros não. Uns levam canela, outros limão. Cada casa tem a sua versão, cada família a sua história. Qualquer que seja a vossa receita, desejo-vos uma bela Páscoa!
Até para a semana!


SERVE: 6
TEMPO: 120 MIN

INGREDIENTES:
600g Farinha de Trigo
100g Açúcar Branco
10g de Fermento Biológico desidratado
50ml de Leite morno
4 Gemas
200g de Manteiga derretida
1 c.chá Canela em Pó
1 pitada de sal fino
1 gema batida para pincelar

PREPARAÇÃO:
Dissolva o fermento no leite, juntamente com a açúcar e a canela. Reserve num sítio morno até começar a formar uma espuma.
Aqueça a manteiga só para a amolecer e reserve-a.
Bata as gemas com um garfo e reserve.
Numa superfície limpa e seca, coloque 500g de farinha peneirada e o sal. Misture com um garfo. Reserve a restante farinha.
Abra um buraco no meio da farinha e coloque a mistura de fermento e leite. Adicione também as gemas e a manteiga.
Com a ajuda de um garfo envolva os ingredientes lentamente até se misturarem.
Com as mãos, amasse durante uns 5 minutos até que a massa fique elástica e homogénea. Use a restante farinha que reservou apenas se necessário ou para limpar as mãos.
Coloque a massa numa taça enfarinhada e cobra com um pano limpo.
Deixe a massa num sítio quente ou com uma manta em torno da taça até que duplique de tamanho.
Retire a massa da taça, coloque-a numa superfície enfarinhada e divida-a em três. Forme uma trança e coloque-a num tabuleiro forrado com papel vegetal. Pincele com a gema de ovo e deixe que duplique de tamanho novamente.
Ligue o forno nos 180ºC e pincele a trança novamente com a restante gema de ovo. Coloque no forno e deixe que cozinhe durante 20-30 minutos até que fique dourada à superfície (faça o teste do palito para confirmar a cozedura).
Retire do forno e deixe arrefecer para poder servir.

Tarte de Requeijão e Amêndoa

O Carnaval nunca foi uma época que me tivesse marcado especialmente durante a minha infância ou adolescência. Claro que me mascarava, embarcava nas brincadeiras típicas da época, mas acho que só achava giro por ser uma atividade de grupo e não pelo significado em si.
Com o passar dos anos, esse distanciamento foi-se tornando cada vez mais evidente.

Claro que o nascimento de um filho muda muita coisa. E também esta sofreu um saudável “upgrade”.
Não, não me irão ver com nariz de palhaço!
Nem com uma peruca na cabeça…mas confesso que dedico algum tempo a pensar no fato que vou comprar à miúda. Como poderá ela viver esse dia, para que tenha as melhores experiências possíveis.
Enfim…coisas de mãe acho eu!

O ano passado tivemos uma macaquinha, este ano vai de coelhinho.
Dos animais certamente vai passar aos super heróis, depois às princesas, não esquecendo os ídolos e esperemos que fique por aí.

Bom Carnaval e lembrem-se: a vida são 2 dias!!

SERVE: 6
TEMPO: 60MIN

INGREDIENTES:

300g de requeijão
7 gemas+1 ovo inteiro
Raspa de 1 limão
50g de farinha de trigo
50g de manteiga
50g de farinha de amêndoa
100g de açúcar
Açúcar em pó para polvilhar q.b.

PREPARAÇÃO:
Unte uma forma de tarte com manteiga. Forre o fundo com papel vegetal e reserve.
Ligue o forno nos 180ºC.
Numa taça coloque o requeijão e o açúcar e bata. Junte o ovo, as gemas, a raspa de limão e a manteiga derretida. Bata durante alguns minutos.
Adicione a farinha de trigo e a de amêndoa e mexa para que fique tudo incorporado.
Coloque a massa na forma e leve ao forno durante 25 minutos ou até que ganhe uma bela cor dourada no topo e fique firme ao toque.
Retire e deixe arrefecer antes de desenformar.
Polvilhe com açúcar em pó.

Bolo de Requeijão com icing de framboesa

Doce, doce 2016…foste sem dúvida muito especial. Trouxeste-me as primeiras vezes da Carlota…a primeira papa, o primeiro dia na escola, as primeiras provas de tantos sabores, o primeiro chocolate, os primeiros passos, as primeiras palavras. Deixam adivinhar um foodie tagarela como a mãe.
2016 trouxe também outras coisas boas tanto a nível pessoal como profissional.
2017 promete aventuras tão boas ou ainda melhores!
Não sou de grandes festejos no dia 31, para mim o que importa mesmo é poder começar tudo outra vez, como a primeira página de um livro em branco!

Votos de um Feliz Ano 2017!

c

SERVE: 6
TEMPO: 60MIN

INGREDIENTES:
1 Iogurte
8 ovos
200g de requeijão de vaca
200g de açúcar branco+75g de açúcar amarelo
Raspa de 1 laranja
350g de farinha de trigo
50g de manteiga de vaca
1 c.s. de fermento em pó
Manteiga para untar e farinha de trigo para polvilhar

Icing de framboesa:
200g de Framboesas frescas
2 chávena de chá de açúcar em pó
3 c.s. de sumo de limão

PREPARAÇÃO:
Ligue o forno nos 180ºC.
Num taça coloque o requeijão e o açúcar e bata até obter uma mistura homogénea.
Adicione os ovos,um a um, assim como a raspa da laranja, a manteiga derretida e o iogurte. Bata até misturar.
Adicione a farinha e fermento peneirados e envolva sem bater.
Coloque a massa num forma untada com manteiga e polvilhada com farinha.
leve ao forno durante 40 minutos ou até que o palito saia limpo.

Icing de framboesa:
Numa taça coloque algumas das framboesas e esmague-as com a ajuda das costas de uma colher. Adicione o açúcar em pó e o sumo de limão e misture até homogeneizar. Se necessário adicione mais sumo de limão.

Quando o bolo ficar pronto deixe arrefecer antes de desenformar. Coloque as framboesas do centro do bolo e regue com o icing.

3

 

8

a

Out with the old, in with the new

Que é o mesmo que dizer, esquecer o que lá vai e lançarmo-nos cheios de força para novos projetos! É assim que quero o meu 2016.
2015 foste um ano incrível. Não que possa dizer que foste um ano plenamente feliz, mas claramente um ano de fechar ciclos. Em Janeiro descobri que estava grávida. Nem queria acreditar. Os exames da faculdade arrastaram-se até Fevereiro, depois novo semestre, e num instante nova época de exames. Quando abri os olhos era Verão e a minha barriga estava a crescer a olhos vistos. Não tive tempo para gozar férias ou fins de semana. Não tive tempo para fazer viagens (que saudades que tenho de viajar)! Os meus tempos livres foram meticulosamente planeados para organizar a casa ou estudar. Não foste um ano fácil. Principalmente grávida, cansada, ansiosa, insegura, etc, etc, etc…
Finalmente em Setembro trouxeste-me a Carlota. Mostraste-me esse amor infinito. Abriste as portas para esta aventura que vai durar a minha vida toda!  O melhor do meu ano. Mostraste-me que além de um grande marido, tenho ao meu lado um grande pai para ela. Um amigo. Num abrir e fechar de olhos chegou o Natal.

2

2016, estou à tua espera! Quero que sejas abundante de sorrisos e farto de amor. Sei que serás feliz. Vou ver a minha filha a aprender a andar, a começar a falar, a comer! Estou ansiosa por lhe dar a provar tanta coisa…espero que seja uma foodie como a mãe! Vai ser o ano das primeiras vezes dela…e minhas: a primeira sopa, o primeiro dia de praia, o primeiro chocolate, o primeiro dia na creche, a primeira noite no seu quarto, o primeiro passo, a primeira gargalhada.
Sei que serás generoso e não esquecerás os meus sonhos, o que tenho trabalhado e investido. Sei que também serás generoso e feliz para os meus, para aqueles que amo e que me rodeiam. E para vocês também! Estes são os meus votos mais sinceros. Até para o ano!


TEMPO: 120min
SERVE: 6

INGREDIENTES:

Massa:
1 Kg de Farinha de Trigo
200 ml Leite Morno
250g de Açúcar
1 pacote de Fermento de Padeiro desidratado
250g de Margarina derretida
2 Ovo + 4 Gemas
2 c.s. rasas de Canela em Pó

5

Recheio:
1 cálice de vinho do Porto
2 Chávenas de frutos secos variados: nozes, sultanas, arandos e amêndoas.
2 c.s. de margarina amolecida
2 c.s. de Açúcar Amarelo
Açúcar em Pó para polvilhar

Derreta a manteiga.
Dissolva o fermento em pó no leite, juntamente com a açúcar.
Batas os ovos e as gemas.
Num alguidar fundo coloque os secos (farinha e canela), e faça uma cova no meio.
No centro despeje os ovos, o leite e a manteiga, assim como os frutos secos.
Vá misturando e quando obtiver uma massa uniforme, coloque sobre uma superfície polvilhada com farinha e amasse durante uns bons 10 minutos. Para facilitar divida a massa em 2 partes. Deixe levedar até duplicar de tamanho.
Decorrido este tempo, estenda a massa numa superfície enfarinhada estenda-a num retângulo.
Numa taça misture os ingredientes do recheio e disponha a pasta obtida no interior do retângulo.
Enrole em forma de torta e corte em 2 partes (no sentido longitudinal, mas deixe uma das extremidades por cortar). Enrole-a as suas partes cortadas uma sobre a outra e feche em círculo.
Transfira para um tabuleiro com papel vegetal e deixe levedar durante uns 30 minutos.
Coloque a coroa em forno pré aquecido a 180ºC durante 40 a 60 minutos (faça o teste do palito).
Polvilhe com açúcar em pó depois de arrefecer.

1

Let it snow, let it snow, let it snow!

Com o Natal quase à porta, dou por mim a pensar nas prendas. Só hoje me apercebi que falta quase uma semana, e ainda me faltam comprar algumas coisas (espírito português no seu melhor).
Normalmente não sou muito extravagante nos gastos…acho que o Natal é das e para as crianças e que acima de tudo devem cultivar-se outros valores bem mais importantes e que dão sentido a esse dia: o convívio, a amizade e a paz.

Mas para mim Natal que é Natal tem de ter sempre algumas coisas: a árvore, a lareira, os sonhos, o bacalhau e a chuva! Adooooooro que chova no dia de Ceia! Jamais me imagino a passar o Natal num país tropical. Sonho com o dia em que neve em Aveiro…as árvores, ruas e telhados de manto branco vestidos…dentro das casas a lareira crepitante enquanto as pessoas se reunem à mesa. Uma ilustração perfeita do meu Natal. E vocês? Como é o vosso Natal perfeito?

blog6

Bolo de Limão e Frutos Vermelhos

SERVE: 6
TEMPO PREPARAÇÃO: 45MIN

INGREDIENTES:
5 Ovos
Raspa de 2 Limões
150g Açúcar Branco
200g Manteiga de Vaca
1 colher chá fermento
125g frutos vermelhos (usei congelados)
280g farinha trigo para bolos
Manteiga e farinha de trigo q.b. para preparar a forma

Icing de Limão:
5 c.s. de açúcar em pó
1 c.s. de sumo de limão
blog8

blog2

blog3

blog4

PREPARAÇÃO:
Pré aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma com manteiga e polvilhe com farinha.
Bata os ovos com o açúcar até obter uma mistura fofa e esbranquiçada.
Junte a raspa dos limões e a manteiga derretida e misture.
Adicione a farinha peneirada e o fermento.
Adicione os frutos vermelhos e com uma colher envolva-os na massa sem esmagar.
Coloque o bolo no forno durante 25-35 min ou até o palito sair seco.
Deixe arrefecer antes de desenformar.
Para preparar o icing: Misture o açúcar em pó com o sumo de limão até desfazer os grumos e regue o bolo.

blog7 blog5